arbitro 1

Árbitros de futebol cobram dívida de 273 mil escudos da ARFSV

Os árbitros de futebol de São Vicente exigem o pagamento de um divida no montante de 273 mil escudos a Associação Regional de Futebol de São Vicente. Dizem que quando o Governo anunciou a paragem das competições desportivas por causa da pandemia da Covid-19 esperavam um contacto do presidente desta associação para explicar a situação, o que nunca aconteceu, pelo que , sem alternativa, decidiram fazer esta denuncia pública. César “They” Lima recusou fazer comentário ao se abordado por Mindelinsite. 

Estes homens do apito relatam que dirigiram todo o campeonato de futebol sub-17 e deveriam receber um total de 63 mil escudos, mas nunca viram a cor do dinheiro. O mesmo aconteceu em relação a Taça de São Vicente, que falta disputar apenas uma partida, no caso a final. “Também não recebemos nada. O valor em debito é de 60 mil escudos. Quanto aos campeonatos regionais séniores, a ARFSV tem por pagar 96 mil escudos relativo a primeira divisão e 42 mil escudos da segunda divisão”, detalham estes árbitros.

Garantem que já tentaram falar com os seus representantes, designadamente com o conselho regional de arbitragem de São Vicente mas, dizem, também esta não tem respostas. “O Conselho Regional de Arbitragem limitou a dizer-nos que não sabe como e nem quando a nossa situação será resolvida. Mas nós queremos uma resposta concreta”, pontua. 

Confrontado pelo Mindelinsite com as reivindicações dos árbitros de futebol da ilha de São Vicente, o presidente da ARFSV, Cesar Lima, recusou tecer qualquer comentário sobre o assunto. “Não comento”, declarou.

 838 total views,  10 views today

Partilhe esta Noticia!
Tags: No tags

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *