COVID-19
Tendência

Cabo Verde com 723 pessoas curadas da infecção pelo novo coronavírus

Um total de 723 pessoas já tiveram alta e estão curadas da infecção pelo novo coronavírus no país, informou na tarde de hoje o director do Serviço de Prevenção e Controlo da Doença, para um total de 1.463 casos acumulados de covid-19 registados, dos quais 722 estão activos. Os casos activos representam hoje 49,1% do total dos casos registados no país. 

A grande maioria das pessoas que tiveram alta até agora são do concelho da Praia (571). A estatística de pacientes recuperados se completa com mais 20 no Sal, 54 na Boa Vista, 58 em Santa Cruz, 3 Tarrafal de Santiago, 3 em São Domingos, 2 em Santa Catarina de Santiago, 8 em S. Vicente, 3 na Ribeira Grande de Santo Antão e 1 em S. Miguel. Isto numa altura em que o país contabiliza 1.726 pessoas em quarentena. 

De acordo com Jorge Barreto, o laboratório da Praia analisou 141 amostras, desta analise foram identificados 12 casos novos do concelho da Praia. Em relação a casos suspeitos, tivemos a notificação de 23, distribuídos pelos concelhos de Santa Catarina (10), Tarrafal de Santiago (6), Sal (1), Praia (2), Ribeira Grande Santiago (1), S. Vicente (1) e S. Miguel (2).

“Temos um total de 722 casos activos de Covid-19 no país: Praia 320, Sal 239, Santa Cruz 74, Santa Catarina 61, Boa Vista 1, Ribeira Grande de Santo Antão 1, Tarrafal de Santiago 1, S. Vicente 3, S. Miguel 2, São Salvador 8, Órgãos 1, S. Domingos 2, S. Nicolau 8 e Maio 2”, enumerou. 

O município de S. Lourenço dos Órgãos aparece pela primeira vez na estatística com 1 caso notificado. Segundo Barreto, trata-se de uma pessoa que faz seguimento de um outro problema de saúde na capital e, numa das consultas feitas na semana passada, fez um teste rápido, que resultou positivo. Submetido ao PCR, este veio confirmar-se, pelo que já se iniciou o processo de investigação epidemiológica aos contactos. 

Da analise dos dados por semanas, verificamos que houve um aumento de amostras processadas, sendo 977 na primeira semana de Junho, 1451 na segunda, 1517 na terceira e 1699 na quarta semana. Na primeira semana de Julho os dois laboratórios analisaram 1.914 amostras. No entanto, o número de casos identificados é bem inferior aos que se esperava em relação ao de amostras”, realçou Jorge Noel Barreto. 

Comparativamente as últimas sete semanas, o director do Serviço de Prevenção e Doença admite que há uma tendência para aumento, sobretudo na última semana de junho em que se registou um total de 340 casos novos. No entanto, na semana finda, dos resultados disponíveis até agora foram confirmados 93 casos. “Convêm realçar que os resultados da semana passada ainda estão condicionados a analise das amostras que ainda estão nos laboratórios para serem processados”, clarifica. 

Outra novidade avançada pela presidente do Instituto de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, é que estão a ser criadas condições para diagnostico da Covid-19 nas restantes, sendo que o processo encontra-se mais avançado na ilha do Sal onde será instalada uma câmara de bio-segurança de nível 2.  

Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Já agora podíamos saber quais os remédios que estamos utilizando em Cabo Verde para combater esta pandemia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar