CarnavalCultura
Tendência

Franceses reforçam grupo Estrela do Mar: “Impressionados com a cadência e energia da batucada”

O maestro francês Gerome confessou ontem à noite estar impressionado com a energia e a cadência da batucada do Carnaval d’Soncent, após o término de um ensaio com o grupo Estrela do Mar. Segundo este músico, que chegou à cidade do Mindelo numa comitiva composta por 20 turistas do Sul da França, é possível captar a influência da batida brasileira na batucada cabo-verdiana, mas, diz, há algo próprio que a distingue.

“Estivemos por duas vezes no carnaval do Rio de Janeiro, um Estado pertence a um enorme país onde o aspecto cultural é muito forte. Adoramos a experiência no Brasil, mas há algo particular na vossa batucada, que não encontramos na bateria brasileira. Sentimos o coração bater de outra forma”, revelou o percussionista, que ontem esteve a comandar o ensaio ao lado de Mick Lima.

Gerome chegou à ilha de S. Vicente anteontem enquadrado no grupo Batucapic, formado em Montepelier há 18 anos e que integra 35 membros. A caravana é composta por 20 tocadores, com uma média de idade de 50 anos. O grupo, que costuma viajar pelo mundo para troca de experiência cultural, decidiu este ano sentir algo diferente, neste caso o Carnaval d’ Soncent. Segundo François, presidente dessa associação, uma fonte ligada à Alliance Française indicou-lhes o nome do maestro Mick Lima e… “cá estamos”.

Para facilitar a adaptação dos percussionistas franceses, Mick tem feito ensaios particulares e ontem, segundo Gerome e François, já estavam a acompanhar a batida do grupo Estrela do Mar. Como Gerome realça, a batucada cabo-verdiana é mais acelerada do que a brasileira, mas estão a conseguir acompanhar o ritmo. Todos os elementos decidiram integrar a bateria do Estrela do Mar, que deve atingir os 90 tocadores.

Pub.

Mostrar mais

Kimze Brito

Jornalista com 30 anos de carreira profissional, fez a sua formação básica na Agência Cabopress (antecessora da Inforpress) e começou efectivamente a trabalhar em Jornalismo no quinzenário Notícias. Foi assessor de imprensa da ex-CTT e da Enapor, integrou a redação do semanário A Semana e concluiu o Curso Superior de Jornalismo na UniCV. Sócio fundador do Mindel Insite, desempenha o cargo de director deste jornal digital desde o seu lançamento. Membro da Associação dos Fotógrafos Cabo-verdianos, leciona cursos de iniciação à fotografia digital e foi professor na UniCV em Laboratório de Fotografia e Fotojornalismo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo