COVID-19
Tendência

Covid-19 continua a ganhar terreno e a provocar óbitos nas ilhas

Mais três pessoas morreram ontem de Covid-19 em Cabo Verde, sendo duas em Santiago e uma na ilha de S. Vicente. Além destes óbitos, os dados revelam o surgimento de mais 245 infeções pelo novo coronavírus em 1.390 testes, na sua maioria no concelho da Praia, que registou 66 desses casos. 

O segundo centro urbano com mais contaminações é S. Vicente, onde surgiram nas últimas 24 horas 41 novos infectados em 205 amostras. A ilha do Monte Cara passou a ter 399 activos, com a recuperação de 3 pacientes ontem.

O boletim epidemiológico aponta para o crescimento da doença na própria ilha Brava, que já lida com 24 casos activos. O número podia até ser maior, pois não foi realizado nenhum exame ontem de amostras da ilha das flores. 

Outro quadro que salta à vista é a situação da Boa Vista, que passou a ter 151 activos, isto graças a recuperação de 16 pacientes. A ilha das dunas registou mais 9 casos em 36 exames laboratoriais.

No Sal, a tendência continua a apontar para o agravamento da situação sanitária, pois foram encontrados mais 11 indivíduos infectados e a ilha tem neste momento 399 activos. 

Outra ilha onde o virus está a ganhar terreno de forma perigosa é Santo Antão. Ontem foram encontrados mais 44 casos de Covid-19 nos concelhos da Ribeira Grande, Paul e Porto Novo e a ilha das montanhas tem agora 245 activos: Ribeira Grande (97), Paul (49) e Porto Novo (99). Apenas em Porto Novo houve 6 pessoas recuperadas ontem.

Em termos globais, surgiram mais 245 casos, resultantes da análise de 1.390 amostras, 146 pessoas foram dadas como recuperadas da doença e há neste momento 3.181 activos. Com as 3 mortes registadas ontem, aumenta para 220 os óbitos provocados directamente pela Covid-19 em Cabo Verde.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo