COVID-19
Tendência

Observatório da Cidadania concorda com “estado de calamidade” e está pronto a apoiar o Governo se for preciso ir para “emergência”

O Observatorio da Cidadania Activa assumiu o seu apoio ao estado de calamidade declarado pelo Governo e, em comunicado enviado ao Mindelinsite, apela ao bom-senso de todos neste dia 1 de maio no sentido de evitarem os tradicionais passeios e convívios tendo em conta o agravamento dos casos de Covid-19 em Cabo Verde. Na perspectiva de Orlando Lima, presidente dessa entidade, se não houver colaboração e espirito de cidadania, o país poderá caminhar para uma realidade sanitária extremamente grave em termos de infetados e vítimas mortais da doença. “Um quadro que, certamente, ninguém deseja.”

Segundo Lima, o Observatório não terá nenhuma reserva em apoiar um novo estado de emergência no país se este for o entendimento do Governo, apesar dos elevados custos para as famílias e o país que isso acarretaria, “razão pela qual não se deve baixar a guarda nesta luta”. “Nesta fase atual muito difícil que o país está a viver, por causa da pandemia, é urgente que cada um tenha a consciência plena das suas responsabilidades enquanto cidadão e colaborar com as autoridades no sentido de evitarmos o colapso do sistema de saúde“, enfatiza a organização cívica, que apela a vasta comunidade cabo-verdiana na diáspora para se juntar aos esforços do Governo na aquisição de vacinas para que a campanha de vacinação seja alargada e desta forma minimizar os impactos da pandemia no país. 

Às autoridades, o Observatório pede “mão dura” na fiscalização e no cumprimento de todas as medidas em vigor, ao mesmo tempo que espera uma firme colaboração de toda a sociedade no combate à Covid-19.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo