COVID-19

Treinador Bubista volta a acusar positivo à Covid-19

O treinador Budista voltou a acusar positivo para Covid-19 este sábado, uma semana depois a confirmação da primeira contaminação, dois dias antes da partida para os Camarões para dirigir os Tubarões Azuis na Copa Africana das Nações (CAN 2021). 

De acordo com a Federação Cabo-verdiana de Futebol hoje, 15 de janeiro, toda a comitiva cabo-verdiana que está nos Camarões foi submetida a testes de despistagem da Covid-19, incluindo os que anteriormente tinham apresentado resultados positivos.

Na sequência, prossegue o comunicado, os jogadores Ken Ramos, João Paulo Fernandes, Willis Furtado e Gilson Tavares testaram negativo. Mas o selecionador Bubista, que tinha testado negativo na chegada aos Camarões, voltou a acusar positivo. Nuno Borges também testou positivo e é o único jogador impedido de treinar neste momento. 

O treinador Budista, recorda-se, já tinha testado positivo. Não acompanhou a selecção na partida de Cabo Verde e nem comandou a vitória dos seus pupilos contra a Etiópia. Acabou por assistir da bancada a derrota dos Tubarões Azuis frente a Burkina.  

Foto: Arquivo FCF

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo