COVID-19
Tendência

Jacob Desvarieux, co-fundador dos Kassav, em coma induzido por causa da Covid-19

Jacob Desvarieux, co-fundador do famoso agrupamento musical caribenho, está em coma induzido por causa do coronavírus. A situação clínica do músico é, entretanto, estável, segundo noticia a imprensa francesa.

O site lefigaro.fr, por exemplo, revela que Jacob Desvarieux está internado desde semana passada no Hospital Universitário de Pointe-à-Pitre, em Guadalupe. Foi em uma consulta de rotina que o músico de 65 anos, diabético e que passou por um transplante de rim testou positivo para Covid.

Nas redes sociais chegou a circular informações sobre a sua morte, mas a sua equipa de produção divulgou um comunicado a tranquilizar os fãs dos Kassav, o maior promotor do estilo zouk na França e no mundo.

“Jacob Desvarieux foi colocado em coma para receber os cuidados necessários. Este é um protocolo médico clássico. Sua condição é considerada estável por seus médicos”, lé-se na nota, em que apelam ainda à não divulgação de informações falsas para que a equipe do hospital possa trabalhar com tranquilidade e também para poupar os familiares.

Jacob Desvarieux nasceu a 21 de novembro de 1955 em Paris, França. Desde muito cedo mostrou excepcional disposição para a música. Guitarrista talentoso, fundou, junto com os amigos Francis Cauletin, Philippe Drai e Achille Ango, o grupo The Bad Grass. Mas foi com os Kassav, criado em 1979, que se tornou uma vedeta internacional, inclusive em Cabo Verde.

O grupo Kassav já actuou por diversas vezes no arquipélago, tendo passado por quase todos os grandes festivais de música e também festas de município, com destaque pelo Festival Baía das Gatas e Nhô San Filipe, no Fogo.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo