Fonte d' Meio

CMSV vai construir rotunda para disciplinar trânsito em Fonte d’ Meio

Já arrancaram as obras de requalificação de Fonte d’ Meio, que contemplam uma rotunda e um quebra-mola para disciplinar o transito naquela zona. Trata-se de uma obra que de um pacote maior retomado pelas Câmara de São Vicente, que engloba ainda habitações sociais, ciclovia, campo de futebol, de entre outros. 

Segundo o vereador Rodrigo Rendall, todas as obras municipais colocadas em standby desde que foi decretado o Estado de Emergência estão a ser retomadas pela Câmara, de entre elas a de requalificação urbana de Fonte d’ Meio. “Vamos construir uma rotunda para disciplinar o trânsito nesta região. Parte desta rotunda fica em um terreno cedido por um privado. Trata-se de uma zona com muito movimento e têm-se falado muito do perigo por causa dos carros que vêm de Cruz João Évora e do lado de Fonseca & Santos. Por isso, também decidimos fazer um quebra mola na descida de Cruz para salvaguardar o posto da Enacol”, detalha, realçando que o posto estava vulnerável, inclusive há registos de carros a perder a direcção e a invadir o posto.. 

Estas obras municipais, prossegue, foram retomadas desde que foi levantado o estado de emergência em São Vicente com as medições e outros trabalhos menos visíveis, mas desde ontem, sábado, as máquinas estão no terreno. “É uma obra que não vai demorar muito tempo. Também já devíamos estar a reiniciar as obras de asfaltarem, mas estamos a espera de um técnico que virá do exterior e que ainda não conseguiu vir por causa das limitações de ligações aéreas”, acrescenta Rodrigo Rendall.

Para além destas, o autarca destaca a retoma dos trabalhos nas habitações sociais de Lameirão e Ribeirinha, e de um pequeno campo de futebol em Campim. Estão também a espera de uma resposta do Fundo de Turismo para uma ciclovia, que vai ligar a Avenida Manuel de Matos a Ribeira de Julião. “Participamos de um concurso público antes do estado de emergência, que prevê a construção desta ciclovia. Finalizamos o concurso e assinamos o contrato, que já foi remetido para o Fundo do Turismo para liberação da verba para podermos arrancar mais esta obra.”

 1,660 total views,  4 views today

Partilhe esta Noticia!
Tags: No tags

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *