Atualidade

Fora das listas do MpD, Miguel Monteiro anuncia saída da política ativa

O deputado Miguel Monteiro anunciou ontem no Facebook que vai sair da política ativa. O político garante que as listas do MpD para a legislatura 2021-2026 já estão elaboradas e, a seu pedido, vai ficar de fora.

Segundo Monteiro, esta é uma escolha ponderada, pois já são cerca de 13 anos de política ativa, que começaram com a Presidência da Juventude para a Democracia, em 2008. “Abracei cada fase desta caminhada com total entrega. Recordo que, em 2008, assumi a Presidência da JpD, e em 2011 integrei pela 1ª vez as listas à Assembleia Nacional”.

Desde essa altura, prossegue, foi membro da Comissão Especializada das Finanças e Orçamento, presidente da Comissão de Economia e da Comissão Parlamentar de Amizade Cabo Verde/Luxemburgo, conferencista, membro de duas Comissões Parlamentares de Inquérito, Vice-presidente da bancada, Secretário da Mesa da Assembleia Nacional e Secretário-geral do MpD.

“Fui a dezenas de debates na televisão e rádio, escrevi dezenas de artigos de opinião, estive em mais de uma centena de conferências de imprensa.  Liderei vários debates, bem como interpelações ao Governo. Debati 12 Orçamentos de Estado! Debati a aprovação de diversos códigos fiscais e inúmeras leis. Discuti as contas do Estado de 2008 a 2017!”, enumera.

Como desafios, Monteiro cita a sua colocação em 12.º na última legislatura porque “não era hora para egos pessoais”. Evoca ainda a luta, na legislatura anterior, para manter a isenção que os universitários, que estudam fora do país, têm quando pretendem regressar definitivamente a Cabo Verde.

Termina agradecendo os seus pares do partido e do Parlamento incluindo alguns “bons colegas” do PAICV e da UCID, à JPD, coordenadores concelhios e comunidades emigradas. Extensivos aos colaboradores da sede, desconhecidos e à família. E promete continuar a ser um cidadão atento.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo