Atualidade
Tendência

BM apoia Cabo Verde com 10 milhões dólares

O Banco Mundial acaba de aprovar um crédito adicional de 10 milhões de dólares ao projeto de Inclusão Social e de mitigação das consequências económicas da Covid-19 em Cabo Verde. O anuncio foi feito pelo vice Primeiro-ministro, Olavo Correia. 

Trata-se de um crédito adicional de 10 milhões de dólares que, afirmou, vai beneficiar mais 18 mil famílias com Rendimento Social de Inclusão. Estas recebem um apoio mensal de 5.500$00 por família.“A pobreza no nosso país tem um cunho consideravelmente feminino, pelo que com mais este projecto, o que o Governo está confiante que se estará a fazer mais um importante trabalho em salvaguarda dos mais necessitados”, explicou o vice-PM.

Olavo Correia destacou ainda que este mecanismo de Rendimento Social de Inclusão foi recentemente atribuído a cerca de 4.500 famílias. Devido à situação emergencial provocada pelo Covid-19, foi alargado para mais cerca de 5.500 famílias. “Com este reforço, vai-se beneficiar mais 18 mil famílias – com isto, abrangendo um universo de cerca de 28 mil famílias”, pontuou.

Cabo Verde vive uma crise económica provocada pela pandemia, com o sector do turismo, que representa 25% do PIB, parado deste março do ano passado. As perdas podem chegar aos 70% na procura turística e a taxa de desemprego está nos 20%. 

Para Correia, a credibilidade da governação está na forma como os parceiros tratam e processam os pedidos do Governo, referindo-se concretamente a aprovação deste novo financiamento.

Recorda-se que o Executivo inscreveu no Orçamento de Estado para 2021 a possibilidade de discutir com os credores internacionais o perdão da divida externa, para financiar o investimento publico pós-pandemia. 

C/Valor Economico

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo