Desporto
Tendência

FCF quer realizar jogo CV – Camarões no “Adérito Sena”, se a obra for entregue no início de fevereiro

A FCF planeia realizar em S. Vicente o jogo entre Cabo Verde e Camarões a contar para a CAN, mas isso vai depender da entrega do estádio Adérito Sena a tempo. A partida está programada para a segunda quinzena de março, mas fonte da federação garantiu ao Mindelinsite que o empreiteiro terá de disponibilziar a infra-estrutura pelo menos no início de fevereiro e dar tempo à FIFA e à CAF para fazerem a competente inspeção e certificar o campo para jogos internacionais.

Segundo essa fonte, a federação está preocupada com o atraso nas obras, que deveriam terminar em novembro passado. A placa de remodelação foi descerrada em junho e na altura a empresa garantiu que os trabalhos estariam prontos cinco meses depois. A verdade é que ainda continuam.

A nossa fonte, que pediu anonimato, enfatiza que todos os detalhes técnicos estão nas mãos do empreiteiro e do fiscal contratado pela FIFA. Por enquanto, diz, a FCF não tem uma intervenção directa nos trabalhos, mas vai acompanhando o desenrolar dos mesmos. “É do extremo interesse da FCF começar a organizar jogos internacionais em S. Vicente. E gostaríamos que fosse já no embate com os Camarões”, frisa, lembrando que a FCF é dona da obra, enquanto representante da FIFA, a principal financiadora do investimento, mas que o estádio continua a pertencer à Câmara de S. Vicente.

Abordado por este jornal, Hernano Santos, gestor da Sina Construções, confirma que houve atraso no andamento da obra e que o prazo foi alargado. “Por conta da Covid, estamos a trabalhar com menos pessoas e com o devido distanciamento, além disso o prazo de importação de materiais ficou mais longo, o que dificulta o trabalho. Temos também de ter presente que o concurso foi lançado antes da pandemia e que as circunstância mudaram por causa da Covid“, reage Nany Santos. Apesar disso, acrescenta, a empresa está a apontar a entrega da obra para meados de fevereiro. Um timing que, na sua opinião, pode permitir a realização do jogo entre Cabo Verde e Camarões em março.

Orçada em 94 mil contos, a remodelação em curso será basicamente na bancada norte, isto é, na zona da tribuna. O projecto contempla 4 balneários destinados às equipas, além de outros para o público. No piso zero, os corredores de acesso às 4 casas-de-banho terão uma melhor ventilação e iluminação naturais, a cabine de arbitragem terá mais conforto e uma casa-de-banho privada. O primeiro andar vai passar a dispor de dois espaços VIP, sala de trabalho, dois sanitários, espaço médico e outro de controlo antidoping, área da Cruz Vermelha, sala de reunião e também para conferências de imprensa. O estádio passará ainda a dispor de iluminação e espaços internos de estacionamento.

O investimento é suportado em 70 por cento pela FCF, através da FIFA, o Governo assume 20 do custo e os restantes 10 por cento a cargo da Câmara de S. Vicente.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo