COVID-19

Covid-19: Autoridades “atentas” à nova variante do vírus Sars-Cov-2

O Director Nacional da Saúde garantiu hoje, na habitual conferência de imprensa semanal sobre a evolução da Covid-19, que as autoridades estão muitos atentas e a acompanhar de perto a identificação da nova variante do vírus Sars-Cov-2, o Ómicron. Aliás, estão a avaliar possíveis medidas que podem vir a ser adoptadas pelo Governo em Cabo Verde. Enquanto isso, segundo Jorge Noel Barreto, é importante as pessoas continuarem a procurar a vacinação, mais do que nunca a melhor forma de se proteger.

De acordo com o DNS, estão a monitorar a situação e propostas serão apresentadas ao Governo para anàlise. “A nível técnico, a OMS não recomenda a suspensão de voos, ou seja, a interrupção da circulação de pessoas e bens. Pede sim e recomenda aos países que adoptem medidas de reforço da vigilância nos portos de entrada”, afirmou Barreto, que assinala ainda o apelo da organização para garantir condições de diagnóstico para que se possa ter noção do que se passa, ao mesmo tempo que reforça o apelo ao cumprimento das medidas de prevenção. 

O vírus está a circular e as medidas adoptadas são de mitigação. Não há medida que consiga eliminar completamente o risco de propagação e de infecção relativamente a esta doença. Por isso, a importância da vacinação, que cria uma memória imunológica que ajuda a combater o coronavírus. “Em Cabo Verde estamos com uma taxa de cobertura vacinal com a primeira dose de 82,8%. É uma boa taxa, mas acreditamos que será possível chegar a 85% até o Natal.” 

Infelizmente, afirma, quatro municípios ainda estão abaixo dos 70%. São eles Picos (63,4%), Santa Catarina de Santiago (63,4%), Tarrafal de Santiago (59,2%) e Boa Vista (56%), sendo que em relação a esta última a taxa deve ser diferente, tendo a alteração da população esperada. “Temos 18 concelhos que já ultrapassaram os 70% com uma primeira dose. E, a média diária de primeiras doses aplicadas nos últimos dias tem sido de 280”, detalha, lembrando que as vacinas e os postos continuam disponíveis para as pessoas que quiserem imunizar. 

Em termos de taxa de vacinação completa, prossegue, dez concelhos ultrapassaram os 70% da população adulta imunizada, com destaque para Paul, o primeiro a atingir os 100%. A nível nacional, a cobertura vacinal completa contra Covid-19 está em 67,6%. Trata-se de um bom resultado, mas Barreto chama a atenção para a necessidade de se chegar aos 70% para que haja um maior número de pessoas protegidas, sobretudo agora com o surgimento da variante Ómicron.  “Ainda temos cerca de 8.700 pessoas para serem vacinadas com as segundas doses para que possamos alcançar 70% da população adulta com a imunização completa. Em termos de primeiras doses, falta ainda cerca de oito mil pessoas para alcançar a meta de 85%”.

Relativamente aos dados da evolução da Covid no país nas últimas 24 horas, os laboratórios de receberam 344 amostras, que permitiram identificar 5 casos novos, sendo 4 no concelho da Praia e 1 no Sal. Com isso, a taxa de positividade é de 1,5%. Foram notificados 12 casos suspeitos e 3 pessoas em isolamento por causa do vírus receberam alta: Praia 2, Santa Catarina 1. 

Nesta altura, o país soma 44 activos, 37.949 recuperados, 349 óbitos por Sars-Cpv-2, 16 por outras causas e 9 transferidos, perfazendo um total de 38.367 casos acumulados.  

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo