Desporto

Dukinha homenageado com torneio quadrangular de clubes do escalão veteranos no campo Bitim

Quatro equipas veteranas de S. Vicente participam a partir deste sábado num torneio de homenagem a Dukinha, atleta que faleceu em outubro passado vítima de um acidente de viação na ilha de S. Vicente. Depois da deposição de flores na sua cova pela seleção nacional e de um mural pintado em Chã de Alecrim pelo artista plástico Boss, agora um grupo de amigos resolveu organizar essa competição para enaltecer a memória do malogrado jogador, que começou a sua carreira como federado nos Falcões do Norte aos 18 anos de idade.

Segundo Carlos Graça, membro da comissão organizadora, o torneio será um encontro de confraternização entre os clubes Veteranos de Chã de Alecrim, Armandim Futebol Clube, Madeirense e Futebol Real Sociedad, mas o objectivo primordial é recordar o amigo e futebolista exímio, que jogou nos principais emblemas do Mindelo e nas seleções de S. Vicente e de Cabo Verde. “Será uma um momento em memória daquele que foi um exímio desportista, que tanta alegria, classe e fair-play emprestou à sua carreira futebolística de mais de 20 anos em prol de S. Vicente e de Cabo Verde.

Conforme o sorteio do torneio, que será disputado a uma mão no sistema todos contra todos, o primeiro confronto será entre os Veteranos de Chã de Alecrim e a Real Sociedad pelas 14.30 no campo de Bitim, em Monte Sossego. A segunda partida coloca em campo pelas 16.15 as formações do Madeirense e Armandim FC. O torneio termina no dia 11 com os jogos seguintes: Madeirense x Chã de Alecrim e Real Sociedad x Armandim FC.  

Falecido num trágico acidente na estrada do aeroporto Cesária Évora, quando estava a acompanhar colegas da seleção de Cabo Verde que iam apanhar um voo internacional, Dukinha começou a bater a bola no escalão infantil do Varzim e Asas do Norte, tendo pouco tempo depois participado no campeonato do escalão junior pelo Batuque Futebol Clube, em simultâneo como jogador do plantel sénior do Falcões do Norte, no escalão federado.

Ao longo dos vinte anos de carreira, vestiu as camisolas ainda do Derby, CS Mindelene, Sport Clube Santa Maria (Sal), Académica do Mindelo e Batuque. Integrou a seleção sub-21 de Cabo Verde no torneio internacional da Lusofonia, realizado em 1998 em Portugal. O jovem foi campeão de Cabo Verde pelos clubes Derby (1999/2000 e 2004/05) e pelo Mindelense nas épocas 2012/13, 2013/14 e 2014/15. Além disso conquistou oito títulos regionais em S. Vicente, participou na Liga dos Campeões Africanos pelo Derby na temporada 2000-2001, foi campeão por S. Vicente em duas edições da Taça Independência – conhecida por Torneio Interilhas – em 2007 e 2015. Dukinha foi ainda considerado o melhor jogador do campeonato nacional de 2008.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo