COVID-19

Covid-19: 97.7% da população adulta elegível recebeu de Cabo Verde a primeira dose de vacina

Um total de 318 495 pessoas ou seja, 97.7% da população adulta elegível de Cabo Verde já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 274 921 (84.4%) com a segunda. São Vicente é um dos concelhos com uma das percentagens mais elevadas de adultos vacinados, com 102.1%, atrás da Ribeira Grande de Santiago (107.7%), Praia (105.4%), Sal (103.1%) e Tarrafal de Santiago (103%). 

São dados do último Boletim Covid-19 de Vacinação, de periodicidade semanal, que revela ainda que até 23 de abril, 108.9%, ou seja, 239 328 da população geral elegível (pessoas com ≥ 18 anos de idade que não se identificou como pertencente aos grupos prioritários definidos no Plano Nacional de Introdução e Vacinação contra a COVID-19) estava vacinada. “O país tinha utilizado, até esta data, 704 698 (67.4%) das vacinas recebidas através do mecanismo COVAX e doações de países parceiros.” 

Relevante é também a informação de que 45736 dos adolescentes (85.1% da população estimada) foram imunizados com uma dose da vacina e 37 712 (70%) estavam complemente vacinados. “A nível nacional, já se aplicou um total de 64 656 (19.8%) doses de reforço, em adultos”, lê-se ainda no documento, que coloca na cauda dos concelhos com menor taxa de vacinação Tarrafal de Santiago com 71.1% com uma primeira dose e menos de 50%, precisamente 48.1%, com segunda dose.

Por grupos prioritários, os profissionais da saúde lideram com 119.2%, seguidos por profissionais dos pontos de entrada internacionais (portos e aeroportos) com 96.5%, bombeiros e protecção civil (93.1%), policia (89.4%), pessoas com 60 ou mais anos (88.7%), militares (77.9%), pessoal de aviação e marítimos (67.9%), professores e pessoal de apoio nas escolas (66.7%) e doentes crônicos (53.7%). Curiosamente, os profissionais do turismo têm a menor percentagem, apenas 43%. 

De 28 de junho de 2021 a 23 de abril de 2022, 130539 jovens com idade entre 18 e 39 anos receberam a 1ª dose da vacina, o que representa 72.6% da estimativa da população desse grupo etário. A nível nacional, em relação a reforço, já se aplicou 64656 doses em adultos (19.8%).

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo