Corpos camioes

Funerárias processadas por guardarem cadáveres em camiões

As agências Andrew T. Cleckley, DeKalb e Armistead Burial em Nova Iorque estão a ser processadas  por armazenarem corpos nos camiões frigoríficos até ser possível realizar os funerais. Foi a alternativa encontrada por estas agencias devido ao grande número de mortes causadas pela Covid-19.

Três processos foram movidos por, pelo menos, três famílias, depois de as autoridades terem encontrado os corpos de familiares em camiões frigoríficos, no final de abril, noticiou o canal de televisão NY1.

As três agências não tinham um relacionamento comercial formal, mas um representante da Armistead admitiu à NY1 existir um “acordo de cavalheiros” para enviar clientes de uma agência funerária para outra, caso seja necessário.

No cia 30 de abril, a polícia de Nova Iorque encontrou cerca de 100 cadáveres sem refrigeração em quatro camiões frigoríficos que a agência funerária Andrew T. Cleckley alugou para responder ao acréscimo de pedidos de funerais, por causa da covid-19. No início de maio, as autoridades retiraram a licença à agência.

“Após uma investigação do departamento de Saúde do Estado de Nova Iorque, emiti uma ordem de suspensão imediata para a agência funerária Andrew T. Cleckley, em Brooklyn, cujas ações foram terríveis, desrespeitosas para com as famílias dos mortos e completamente inaceitáveis”, afirmou então, em comunicado, o comissário de Saúde, Howard Zucker.“Uma crise não é desculpa para o tipo de comportamento que testemunhámos”, acrescentou.

Os EUA são o país com mais mortos – mais de 101 mil – e mais casos de infeção – mais de 1,7 milhões. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 357 mil mortos e infetou mais de 5,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Fonte:DN.PT

 156 total views,  37 views today

Reagentes

Covid-19: Reagentes deteriorados interrompem realização de análises

Desde ontem que não estão a ser actualizados os dados da Covid-19 em Cabo Verde devido a detecção de reagentes deteriorados pelo laboratorio de virologia, informou a presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública. Por causa disso e por questão de segurança, refere Maria da Luz Lima, foram suspensas a liberação de exames. 

Esta responsável explica que é fundamental que o diagnóstico seja bem feito, pelo que ao constatar que é preferível agora não liberar novos resultados, o que deverá acontecer nos próximos dias. “Esta-se a fazer tudo para, rapidamente, voltarmos a normalidade. Já foram adquiridos mais reagentes, teses e equipamentos de PCR, que deverão chegar em breve em Cabo Verde. Penso que em dois ou quatro dias, assim que tivermos esta disponibilidade e possibilidade, vamos retornar a normalidade.”

Maria da Luz Lima aproveitou para informar que as pessoas que tiveram alta tiveram resultados negativos com teses de PCR ao vírus Sars-Cov-2. Significa que, neste momento, não estão infectados. Mesmo assim, por questão de segurança, continuam a ser seguidas por 14 dias. Não devem, por isso, ter um tratamento diferenciado. “São pessoas que estão em casa e devem continuar a implementar medidas de prevenção. Isto é fundamental”, alerta a presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública.

Maria da Luz deixou ainda um apelo, realçando que já se vê mais pessoas nas ruas e estabelecimentos mas devem manter o distanciamento fisico, utilizar máscaras, sobretudo em espaços fechados e de grande aglomeração, e lavar as mão com água e sabão. Medidas que, defende, devem passar a fazer parte da rotina das pessoas. 

Quanto aos dados de hoje, o director do Serviço de Prevenção e Controlo da Doença revelou que existem quatro casos suspeitos do concelho da Praia e 329 pessoas internadas. Ontem registou-se mais um óbito, o terceiro na capital e o quarto no país, elevando a taxa de letalidade global para 1% e de pessoas com mais de 60 anos para 8,5%. Trata-se de um indivíduo de 55 anos, com outros problemas de saúde.

Jorge Barreto declarou ainda que no dia 25 foram realizados 756 testes de rastreio nos bairros da capital, mais precisamente em Achada Santo António, Palmarejo, Tira-Chapéu e outros. Foram identificados 13 resultados positivos, que terão agora de ser confirmados com testes de PCR. No dia seguinte, 26, foram realizados um total de 1227 testes na Várzea, Tira-Chapéu, Bela Vista, Terra Branca, de entre outros. 

“Destes, tivemos 19 pessoas resultado positivo e vão ter amostras de secreções respiratórias recolhidas para serem testadas pela técnica PCR”, declarou Jorge Barreto, que anunciou para amanhã a aplicação de testes rápidos em Calabaceira, Vila Nova e Achada São Filipe para as pessoas saberem se tiveram contacto com o vírus da Covid-19.  

 257 total views,  3 views today

Donald Trump

Trump ameaça “fechar” redes sociais nos EUA

O presidente Donald Trump divulgou hoje, na sua conta no Twitter, uma mensagem em que afirma que o seu governo irá “regular fortemente” ou fechar as plataformas de mídia social nos Estados Unidos da América “antes de permitir” que elas “silenciem totalmente as vozes conservadoras”. Segundo Trump, é essa a percepção do Partido Republicano. 

“Nós vimos o que elas tentaram fazer, e fracassaram, em 2016”, disse Trump, referindo-se à actuação das redes sociais nas eleições presidenciais americanas. “Os republicanos sentem que as plataformas de redes sociais silenciam as vozes conservadoras. Vamos regulá-las fortemente, ou fechá-las, antes de permitirmos que isto aconteça”, escreveu no Twitter, acrescentando que isso foi tentado nas eleições de 2016. A mensagem termina com uma ordem: “Aprendam a comportar-se, AGORA!!!!”, acrescentou.

Ontem, o Twitter assinalou uma publicação de Donald Trump sobre os perigos do voto por correspondência com um ponto de exclamação que direcciona para uma ligação que permite conferir a veracidade da mensagem — foi a primeira vez que fez isto a uma publicação de Trump, após anos de críticas que apontavam o dedo à empresa por ser benevolente com as informações duvidosas transmitidas pelos líderes políticos.

Pouco tempo depois, o Presidente acusou a empresa de estar a interferir nas eleições de 2020 e a amordaçar a liberdade de expressão. 

Fonte: Agências Internacionais

 644 total views,  20 views today

futebol-2-1200x600

FCF lança concurso para design dos troféus de quatro competições oficiais

A Federação Cabo-verdiana de Futebol decidiu lançar um concurso público para o design dos troféus oficiais do Campeonato Nacional, Taça de Cabo Verde, Taça Solidariedade e Supertaça.

O concurso é aberto a todos os interessados e cada concorrente ou equipa pode apresentar um ou mais trabalhos, em duas vias, cabendo ao vencedor o prémio monetário de cinquenta contos. As propostas devem ser enviadas por correio registado até as 16 horas do dia 30 de Junho deste ano para serem apreciados por um júri nomeado pela FCF.

Os jurados irão analisar as concepções gráficas e as respectivas memórias descritivas de acordo com a originalidade, criatividade, representação, impacto, percepção e facilidade de reprodução e digitalização. A posição do júri deve ser enviada à FCF até 30 de Julho para homologação e comunicação oficial do resultado final no prazo máximo de 10 dias.

 233 total views,  4 views today

Cidade da Praia

Covid-19: Cerca de 40% do total dos casos recuperados

Cerca de 40% dos casos confirmados de Covid-19 em Cabo Verde desde o primeiro diagnostico estão recuperados, revelou hoje em conferência de imprensa o Director Nacional de Saúde, que considera este ser um “bom número”. Artur Correia prometeu, por isso, continuar com esta dinâmica numa altura em que o país contabiliza um total de 222 doentes activos, quase todos no concelho da Praia.

São 155 os doentes recuperados, sendo 98 do concelho da Praia, 53 na Boa Vista, três de São Vicente e um do Tarrafal. “Já fizemos 3.500 testes, uma média de 600 a 800 por semana, sobretudo nestas duas últimas. Neste momento no concelho da Praia, a taxa de incidência é de 1/1000. Significa que a epidemia está a diminuir na comunidade, mas a Covid-19 é uma doença em que 80% dos casos são assintomáticos”, frisou, realçando o facto de se conhecer apenas uma parte dos positivos através dos testes. 

Quanto aos dados de hoje, segundo Correia, foram notificados seis casos suspeitos, repartidos pelos concelhos da Praia (3), Tarrafal (2) e ilha da Boa Vista (1). Foram ainda confirmados dez infectados na Capital. Já em relação aos doentes internados, o número baixou para 227, a grande maioria no concelho da Praia, 33 em Trindade, um no Tarrafal e dois em Santa Cruz.

Temos 309 pessoas em quarentena: 266 da Praia, 18 de Santa Catarina, 2 do Tarrafal e 8 de São Domingos. Tínhamos três pessoas em São Filipe que sairam hoje depois que o teste do comandante do Praia d’ Aguada deu negativo. Temos ainda 15 pessoas em quarentena em S. Vicente,” detalha Correia.

São estes números que permitem ao DNS dizer neste momento que há uma evolução com tendência estacionária, com uma ligeira descida dos casos diários. “Esperemos continuar esta tendência. Vai depender do trabalho das autoridades, da população, do engajamento e responsabilidade de todos os intervenientes, quer a nível institucional como da população.”

 374 total views,  3 views today

Marie

França elege primeira presidente de câmara transgénero

Uma mulher transgénero foi eleita no sábado presidente da câmara de Tilloy-lez-Marchiennes, uma pequena vila de 550 habitantes no norte de França, quase junto à fronteira com a Bélgica. Marie Cau, de 55 anos, foi eleita pelo conselho municipal, que saiu do escrutínio de 15 de março e que incluía apenas membros da sua lista.

“Não sou activista”, declarou à AFP. “As pessoas não me elegeram porque sou transgénero ou não, elegeram um programa. É isso que é interessante: quando as coisas se tornam normais, ninguém nos aponta o dedo”, acrescentou. 

Cau foi eleita numa plataforma de sustentabilidade ecológica, de economia local e social, para viver melhor em conjunto. A lista “apolítica” intitulava-se “Decidir Juntos” e os candidatos conseguiram entre 63,5% e 73,1% dos votos, com uma abstenção de apenas 32%.

Residente em Tilloy-lez-Marchiennes há 20 anos, Cau é engenheira, com um diploma de técnica agrícola e horticultura, mas tem agora uma empresa de consultoria informática. Tem três filhos.

Começou a transição há 15 anos, sendo, desde há cinco, “completamente mulher”, apesar de ainda não ter alterado nos documentos, algo que diz ir fazer em breve (apesar de o processo ter sido facilitado em 2016, ainda requer uma ida ao tribunal). “Não precisei de mudar o meu primeiro nome porque Marie é o meu terceiro nome de nascimento e uso-o desde há dois anos, conforme me permite o Código Civil”, explicou.

Ontem, domingo, a ministra da Igualdade de Género francesa, Marlène Schiappa, deu-lhe os parabéns. “A visibilidade trans e, portanto, a luta contra a transfobia, também exigem o exercício de responsabilidades políticas ou públicas. Parabéns a Marie Cau!”, escreveu no Twitter.

C/DN.PT

 283 total views,  2 views today

Madrid

Protesto contra a gestão da pandemia enche centro de Madrid

A manifestação contra a forma como o governo de esquerda de Espanha tem gerido a crise da covid-19, promovido pelo partido de extrema-direita Vox, encheu o centro de Madrid, mas aconteceu em simultâneo em 5o cidades. Era para ser só de carro e motos, mas, com o calor, muitas pessoas saíram dos veículos, ocupando as ruas sem guardar o distanciamento social.

O Governo estima em seis mil o número de veículos em Madrid, o que representa 15 mil manifestantes se tivermos em conta uma média de 2,5 ocupantes. Isto na zona onde o protesto foi autorizado. Circularam em marcha lenta, buzinando e exigindo a demissão do governo de coligação constituído pelo Partido Social Operário Espanhol e Unidos Podemos.

Presidido por Pedro Sanchez (PSOE) e com Pablo Iglésias (Unidos Podemos) como vice, o executivo tomou posse a 13 de janeiro passado. À margem da apresentação de medidas de desconfinamento – como o regresso da liga de futebol a 8 de junho e a abertura ao turismo internacional e 1 de julho – Sanchez descartou qualquer hipótese de demissão, sublinhado que a coligação tem um compromisso de quatro anos.

O Vox convocou o protesto em veículos para evitar a aglomeração de pessoas, mas não funcionou. “Para andar no bairro de Salamanca esta manhã era imprescindível a máscara. Não só porque se tornava impossível manter a distância social de dois metros, como pelo forte cheiro a combustível que impregnava o ambiente. Ao chegar à Porta de Alcalá, motoristas com bandeiras espanholas aceleravam as suas máquinas perante o aplauso de alguns transeuntes”, descreve o El País

Chamaram manifestação “Caravana da Liberdade” e uma hora antes do seu início, os carros e motos já se aglomeravam junto à Praça Cibeles, para onde confluem as principais artérias de Madrid. Eram mais os manifestantes fora dos carros do que no seu interior, uma vez que, com o trânsito parado e uma temperatura de 30 graus era impossível permanecer no interior. Tornou-se impossível manter uma distância de dois metros e a solução encontrada foi pedir que usassem uma máscara.

Num autocarro de dois andares, seguiam os dirigentes do Vox: Santiago Abascal (presidente), Javier Ortega Smith (secretário-geral), Iván Espinosa de los Monteros (porta-voz parlamentar), Rocío Monasterio (líder regional); e Macarena Olona (secretário-geral). Circularam pelas ruas de Madrid, liderando os protestos, ao mesmo tempo que era lançado fumo com as cores da bandeira espanhola: vermelho e amarelo. A manifestação foi transmitida pela EsRadio, o canal oficial do partido.

Durante o protesto foram lançadas varias informações sobre a pandemia, designadamente 40 mil mortos, 8 milhões de desempregados, 100 mil empresas fechadas, casos de fome. Os dados oficiais indicam que Espanha regista 28 628 mortes e 281 904 infectados com a SARS-Covid-2

C/DN.PT

 133 total views

Mory-Kanté

Morreu Mory Kanté, músico africano autor do sucesso Yéké Yéké

O cantor Mory Kanté, que ajudou a música africana a trilhar as audiências mundiais com o seu hit Yéké Yéké morreu na Guiné Conacri. O músico faleceu hoje num hospital aos 70 anos de idade, conforme informou o seu filho Balla Kanté à agência AFP. Segundo o familiar, o artista morreu de problemas de saúde que vinha padecendo.

“Ele sofreu de doença crónica e estava a preparar-se para ir a França para tratamento, mas tal não foi possivel devido a pandemia do Covid-19”, revelou Balla Kanté. Segundo esta fonte, a condição do artista deteriorou-se rapidamente vindo a falecer.

Nascido numa família de artistas, Kanté era conhecido como tocador do Kora – espécie de harpa africana. O presidente da Guiné Conacri, Alpha Condé, disse no Twiter que a cultural africana está de luto. Agradeceu ao músico que, para ele, teve uma carreira excepcional.

 324 total views,  5 views today

Covid19

Covid-19: Cientistas descobrem medicamento que pode parar pandemia sem a vacina

Um laboratório chinês acredita ter encontrado um medicamento capaz de parar a pandemia de covid-19 sem ser necessário uma vacina. O fármaco ainda está a ser testado, mas os cientistas acreditam que pode reduzir o tempo de recuperação da doença para quem está infetado e oferecer imunidade, ainda que temporária, ao vírus. 

Segundo Sunney Xie, diretor do Centro de Inovação Avançada de Genómica da Universidade de Pequim, à agência AFP, o medicamento foi bem sucedido na fase de testes em animais. “Quando injectamos anticorpos neutralizantes em ratos infectados, após cinco dias a carga viral foi reduzida num fator de 2.500”, disse Xie. Ou seja, segundo o investigador, o fármaco tem efeito terapêutico. 

O medicamento usa anticorpos neutralizantes – produzidos pelo sistema imunológico humano para impedir que o vírus infete as células – que a equipa de Xie isolou do sangue de 60 pacientes recuperados.

Um estudo sobre a investigação da equipa, publicado domingo na revista científica Cell, sugere que o uso dos anticorpos -ao qual o fármaco recorre – fornece uma “cura” potencial para a doença e reduz o tempo de recuperação.

Xie confirmou que a sua equipa trabalha incansavelmente à procura o anticorpo e afirmou esperar que este medicamento esteja pronto para uso ainda este ano e a tempo de qualquer possível surto do vírus no inverno.

C/CM.PT

 1,325 total views,  2 views today

Telemovel One Plus

OnePlus desativa raio-x de celular que permitia ver através das roupas

A fabricante chinesa OnePlus decidiu desativar um filtro para câmera de celular que seria capaz de ver por trás de objetos e roupas, tal qual um raio-x. A função chamada de Photochrom está presente no OnePlus 8 Pro, um dos modelos mais recentes da marca. Ela foi criticada após especialistas descobrirem que a câmera do dispositivo revelava componentes interno de aparelhos como videogames, controles remotos e Apple TVs.

Em entrevista para o portal Abacus News, a empresa explicou que o sensor da câmera do OnePlus 8 Pro funciona para capturar luz infravermelha, atingindo pontos que o olho humano não consegue enxergar. Além disso, a eficácia do efeito raio-X em determinados materiais depende de fatores como iluminação e espessura do objeto fotografado.

A companhia diz que a funcionalidade auxilia os usuários na produção de fotos com efeitos curiosos, como árvores que parecem brancas em vez de verdes. “Nos cenários do cotidiano, a maioria dos objetos, incluindo roupas ou até mesmo um pedaço de papel de seda, não é transparente”, disse um representante da empresa ao portal.

A OnePlus pediu desculpas aos usuários por criar preocupações com a privacidade e confirmou que desativará o filtro Photochrom em uma semana. A companhia também prometeu que apresentará em breve uma solução para oferecer o filtro novamente aos usuários do One Plus 8 Pro.

C/Globo.com

 272 total views,  4 views today