B6Tecnologia/Curiosidades

Americano compra carro e descobriu extra de 34 kg de cocaína

Um cidadão do Texas, cuja identidade não foi revelada, teve uma das maiores surpresas da sua vida ao descobrir que o carro que tinha acabado de comprar num leilão em Rio Grande Valley escondia extras que não vêm no catálogo de nenhum fabricante automóvel: 34 pacotes de cocaína perfazendo um total de 33,5 kg de produto. Esta quantidade, que o poderia condenar a passar muitos anos na prisão caso não reportasse o caso às autoridades, está avaliada em cerca de 1 milhão USD.

Foi a polícia do condado de Webb, no estado norte-americano do Texas, quem divulgou a “descoberta” sem, contudo, avançar quaisquer detalhes acerca do cidadão em causa ou informações acerca do veículo. Desconhece-se que modelo escondia semelhante “achado”, sabendo-se apenas que o homem alegadamente terá descoberto a cocaína quando, depois de chegar a casa com a sua nova aquisição, se dedicou a examinar mais atentamente o estado em que se encontrava o veículo. Terá sido então que o texano encontrou a droga, acondicionada em 17 pacotes, e chamou a polícia.

Os agentes que se deslocaram ao local também foram surpreendidos. O caso, que parece retirado de um guião cinematográfico, adensou ao descobrir-se que, havia ainda mais cocaína, outros 17 pacotes, escondidos num segundo compartimento. De acordo com as autoridades, o lote de “extras” que a viatura escondia ronda o milhão de dólares.

O xerife do condado, Martin Cuellar, elogiou o comportamento do homem que fez a denúncia: “Agradeço e dou os meus parabéns ao indivíduo que nos alertou para as drogas. Se ele não fosse um cidadão honesto, estes narcóticos poderiam ter acabado nas mãos erradas.”

Fonte> Observador.pt

Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. O caso não tem nada de cinematográfico. Provavelmente tem a ver com uma falha da Polícia de fronteira. Texas (EUA) é um Estado com uma longa fronteira com o México. Diariamente, milhares de veículos cruzam essa fronteira nos dois sentidos.

    A Polícia (incluindo cães), principalmente dos EUA, tem um árduo trabalho diário de vistoria desses veículos, que no sentido para os EUA podem transportar drogas e no sentido para o México podem transportar dinheiro, fruto da venda das drogas.

    Quando um veículo é detectado com drogas, além da droga retirada/apreendida, o veículo deve ser passado a pente fino evitando que, mais tarde, quando for leiloado, o novo dono não venha a encontrar (e até ficar em maus lençóis) drogas.

    Neste caso, provavelmente, o veículo não foi devidamente inspeccionado e foi leiloado, ainda com uma carga extra, que não vem no catálogo. Valeu a honestidade do novo dono…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar