Social
Tendência

Banco Alimentar consegue duplicar estoque de alimentos e beneficiar 160 familias no Natal

O apelo do Banco Alimentar para angariar alimentos e distribuir para 160 familias neste Natal teve o efeito esperado. Conforme apurou o Mindelinsite, a instituição conseguiu mais do que duplicar o estoque de alimentos em dois dias, que começaram a ser distribuídos desde ontem em São Vicente aos agregados familiares. Lançado o alerta atraves deste jornal online, os parceiros reagiram e, dos 570 quilos de generos alimentares em estoque, foram acrescidos mais 874 quilos, que chegaram à sede da Instituição gerida na ilha pela OMCV.

A maioria dos donativos veio de empresas e instituições, mas também a campanha sensibilizou populares que quiseram dar o seu contributo. “Muitos dos nossos parceiros habituais entregaram-nos donativos, mas não querem protagonismo, o que demonstra a grandeza do gesto de cada um. Posso falar como delegada da OMCV e do Banco Alimentar ao dizer que hoje, vendo a atitude dos mesmos, sou uma mulher mais feliz”, assegura Fátima Balbina, que atribui um papel preponderante ao sucesso à comunicação social,  que levou o caso ao conhecimento da sociedade.

Alguns parceiros aceitaram, no entanto, serem referenciados como o Stand Moderno – que entregou 390 quilos de alimentos -, a empresa Bento SA – com 100 quilos de arroz -, a Boutique dos Congelados – ofertou  50 de frango – e Eloy Neves, que fez chegar à sede do Banco Alimentar 170 quilos de outros produtos.

Estes alimentos deveriam ser todos entregues ontem, mas Fátima Balbina afirma que ainda deverão chegar mais apoios, o que faz com que a montagem das cestas básicas decorra ainda no dia de hoje.

Todas as familias serão beneficiadas neste Natal. “Mesmo que tivéssemos poucos alimentos, iríamos dar o pouco que seja a cada um e ninguém ficaria sem receber. Neste momento temos alimentos que podem variar entre 10 a 15 quilos entregues a cada família”, garante.

Além de produtos alimentares e de higiene, chegaram à sede do Banco Alimentar roupas e alguns brinquedos. Apesar de ter sido um ano difícil, segundo Balbina a solidariedade foi maior e os parceiros contribuíram mais do que o habitual.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo