Sem categoria
Tendência

Chega de Liberdade e Democracia? Nunca!

Por mais voltas que o mundo dê, por mais decisões que tenhas de tomar, por mais difícil que sejam as escolhas, por mais pressão que tenhas, por mais radical que sejam os dilemas, não percas nunca: a honradez, o carácter, a decência, o sentido do justo e do bem. Isto foi-me ensinado desde tenra idade.

É com estes princípios que tento ver quem governa e decide por todos. Que, independentemente das ideologias políticas e das decisões que se tenham de tomar, agradem ou não, tem salvaguardado valores e princípios comuns que nenhum deseja perder em qualquer circunstância. Porque nem o dinheiro compra tudo e nem as circunstâncias justificam tudo. A alma não está a venda, não se vende e não se rende.

Em tempo que se comemora a “liberdade e Democracia” , espero que não seja de papel, que não seja um mito, que não seja hipócrita, que não seja uma fachada para se esconder outros interesses e movimentação atrás do objectivo poder com propósitos que não coadunam com a nossa forma de estar e viver. Dizia, em tempo que se comemora a liberdade e democracia esperava ver a nossa honradez perante algumas “tentações”, mas, até se demostrar que o que parece não é, estou decepcionado… Pelo caminho tomado acho difícil provarem-me o contrario, porém, aguardo.

Brindar a comemoração da liberdade e democracia com aproximação ao fascismo é do piorio. Nunca esperei ver tal coisa. Pela nossa história, pelos valores que nos identificam, pelos seres humanos que somos, isto custa a acreditar. E de quem diz ser pela liberdade e democracia? Assim?

Bem, acho eu, que mesmo na política, há limites… Devia haver limites. Os extremos, per si, na minha modesta opinião, não se recomendam, piora se esses extremos são e estão desprovidos de princípios e valores que não tem em consideração os direitos humanos,  tolerância, respeito, enfim a dignidade humana…

Outrossim valorizam o poder a qualquer custo, o autoritarismo, a castração das liberdades, a subjugação do ser humano, o desprezo pelas minorias, o silenciamento dos não alinhados. É disto que nos aproximamos? Chega de liberdade e democracia? Nunca! Pela verdadeira liberdade e democracia, contra os fascistas e seus correligionários, sempre. Que cada um tenha os olhos abertos  e continue a combater pela liberdade e democracia, pela dignidade humana e pelo país, sem tocar extremos perniciosos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo