Mundo
Tendência

Guarda-redes Neno morre aos 59 anos

O guarda-redes Neno, nascido em Cabo Verde, morreu aos 59 anos, vítima de doença súbita. A informação foi confirmada pela direção do Vitória de Guimarães, clube onde o jogador se destacou na sua carreira, enquanto guarda-redes, treinador de guarda-redes e em cargo directivo.

“É com profunda tristeza e coletivo sentimento de enorme pesar que o Vitória SC informa sobre o falecimento de Neno.   A sua morte representa uma enorme perda coletiva, mas em especial para a sua família e amigos, a quem o Vitória manifesta as suas mais sentidas condolências“, diz nota de pesar publicado pelo clube no Twiter.

O Vitória de Guimarães recordou o caractér carismático e afável do antigo guarda-redes Neno, que morreu na quinta-feira, considerando que se tornou “um ícone da cidade”. Carismático, afável e sempre disponível, Neno não foi apenas uma figura do Vitória, mas um ícone da cidade, conhecido de todos e que para todos tinha um gesto amigo e um sorriso verdadeiro”, refere o clube.

Nascido na Cidade Velha, ilha de Santiago, e internacional A por Portugal em nove ocasiões, Neno integrou ainda o plantel do Benfica, onde esteve durante oito épocas. Na Luz, o antigo guardião conquistou três campeonatos nacionais e três Taças de Portugal. Jogou ainda no Barreirense, onde se formou, e também no Vitória de Setúbal.

C/Abola.pt e Dn.pt

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo