Mundo

Brasil: Mãe amarra filho suspeito de matar ex-namorada para entregá-lo à polícia

Uma mãe amarrou o filho suspeito de assassinar a ex-namorada a tiros no Brasil, com ajuda de parentes, e o entregou às autoridades policiais. Em depoimento prestado na Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), a mulher — uma auxiliar de serviços gerais de 40 anos — contou que, ao tomar conhecimento do que havia acontecido, passou a tentar localizar o filho, para que ele se entregasse. É que Queven Silva foi apontado como autor confesso da morte da cabeleireira Sarah Jersey Pereira, de 23 anos. A vítima tinha dois filhos com o suposto executor, que, informa o jornal Globo.com, efectuou os disparos quando uma bebê de dois meses e um menino de 4 anos estavam presentes.

No termo de declaração da mãe de Queven, relata que recebeu uma mensagem de um outro filho na qual ele contava ter ouvido “um boato” de que o irmão “tinha feito alguma coisa ruim com Sarah”. A mulher diz que passou a tentar fazer contato com o rapaz “por diversas vezes”, até que recebeu como resposta uma confissão, na qual era citada uma suposta traição, embora o casal já estivesse separado. “Ela estava me traindo. Eu avisei: ‘Faz o que for, mas não me trai'”, escreveu Queven para a mãe, segundo o depoimento.

A mãe do criminoso explica que os parentes “tiveram receio de Queven desistir e fugir no meio do caminho” e que, “sendo assim, amarraram os pés e as mãos” dele. O grupo, então, desceu com o rapaz imobilizado até a Rua Almirante Alexandrino, uma das principais vias de acesso à comunidade, “onde foram recebidos pelos policiais militares”, ainda conforme o relato da mãe aos agentes.

C/ Globo.com

Pub.

Mostrar mais

Kimze Brito

Jornalista com 30 anos de carreira profissional, fez a sua formação básica na Agência Cabopress (antecessora da Inforpress) e começou efectivamente a trabalhar em Jornalismo no quinzenário Notícias. Foi assessor de imprensa da ex-CTT e da Enapor, integrou a redação do semanário A Semana e concluiu o Curso Superior de Jornalismo na UniCV. Sócio fundador do Mindel Insite, desempenha o cargo de director deste jornal digital desde o seu lançamento. Membro da Associação dos Fotógrafos Cabo-verdianos, leciona cursos de iniciação à fotografia digital e foi professor na UniCV em Laboratório de Fotografia e Fotojornalismo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo