Economia
Tendência

Empresa checa de aeronáutica quer produzir aviões em Cabo Verde para o mercado africano

A empresa de aeronáutica da República Checa pretende produzir aviões em Cabo Verde destinados ao mercado africano. A ideia é colocar esse projecto em prática nos próximos três anos, segundo informações prestadas à agência noticiosa Inforpress pela vice-Presidente da Câmara de Comércio Checo-Cabo-verdiana. Mónica Sofia Duarte, assegura a Inforpress, acrescentou que as empresas checas querem investir nos próximos tempos em Cabo Verde em diversas áreas.

Essa fonte revela que foi concebido um projecto avaliado em 5 milhoes de euros para a produção de aviões em Cabo Verde e que serão vendidos a outros países do continente africano. “Vamos construir aviões em Cabo Verde, o que fazemos na República Checa. Vamos trazer engenheiros checos e técnicos e pretendemos também recrutar cabo-verdianos para serem formados na fábrica existente na República Checa e produzir aviões com a mesma qualidade aqui em Cabo Verde”, anunciou Mónica Duarte. No entanto, a notícia não especifica onde ficará situada a fábrica e qual o porte das aeronaves.

Segundo a Inforpress, essas informações foram avançadas à margem da cerimónia de abertura da Iª edição da feira de empresas e empresários checos e cabo-verdianos, que arrancou ontem e termina no próximo dia 24, na Cidade da Praia. O evento conta com a participação de 62 empresas representadas nos 16 stand instalados na Feira Internacional Cabo Verdiana (FIC), em Achada Grande Frente.

A exposição é realizada em parceria com o Governo de Cabo Verde, as câmaras municipais e instituições públicas e privadas de ambos os países. Conta, por outro lado, com uma forte participação de expositores da sub-região da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

C/ Inforpress

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo