Desporto
Tendência

FIFA: Futebolistas com dupla nacionalidade já podem jogar pela selecção A do segundo país

Os futebolistas com dupla nacionalidade que tenham vestido a camisola da selecção A de um país podem agora jogar por uma segunda equipa. Esta opção estava antes proibida, mas passou a vigorar na sequência do mais recente congresso da FIFA. O encontro teve lugar anteontem via internet, através da plataforma zoom, com a participação das 211 federações filiadas.

Esta medida caiu no agrado da maioria dos países africanos, inclusive Cabo Verde, que votaram massivamente a favor. Apenas uma federação posicionou-se contra essa mudança nos regulamentos do futebol mundial.

Entretanto, para que tal possa acontecer, explica a FCF no seu website, são necessárias as seguintes condições: o atleta terá de menos de 21 anos aquando da sua primeira internacionalização; ter jogado menos de 3 jogos; não ter sido convocado pela primeira Seleção durante 3 anos consecutivos depois do último jogo; não ter participado em nenhum dos jogos das fases finais dos torneios da FIFA ou das Confederações.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo