Cultura

Festival da Baia das Gatas paga direitos autorais à SCM

O Festival Internacional de Música da Baía das Gatas vai pagar direitos autorais à Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM). Esta decisão, inédita em São Vicente, foi avançada na noite de ontem por diversas vezes pelo apresentador do certame, após a actuação de cada artista. 

Nesta que é a 38ª edição do Festival da Baía das Gatas, a organização, no caso a Câmara Municipal de São Vicente, anunciou o pagamento dos direitos de autores à SCM, uma prática que foi adoptada em 2019 pelo Festival de Santa Maria, na ilha do Sal. 

Por isso, esta informação acabou por apanhar de surpresa e o público e os jornalistas que fazem a cobertura do festival, tendo em conta que não se falou antes em assinatura de contrato com a SCM relativamente ao licenciamento do festival. 

Ainda assim, não deixa de ser um reconhecimento de um direito consagrado aos artistas por um Festival municipal organizado pelo sector público, no caso a CMSV, dando assim o exemplo de que o sector público e o sector privado podem andar de mãos dadas para a defesa dos autores e fazedores da cultura cabo-verdiana.

A edição 38ª do Festival da Baía das Gatas, o maior e o mais antigo de Cabo Verde, este ano homenageia “Os cabo-verdianos, um povo resiliente”. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo