COVID-19

Cabo Verde já aplicou mais de meio milhão de doses de vacinas contra Covid

Mais de meio milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicados em Cabo Verde, mais precisamente 539.908, que representa 75,5% das 715.150 doses que o país recebeu através dos diversos mecanismos, revelou hoje o Director Nacional da Saúde na conferência de imprensa semanal. E o resultado é visível: mais de 24 dias sem registo de óbitos e nenhum doente internado nos hospitais ou Centros de Saúde.

Para Jorge Noel Barreto, estes números são elucidativos e não há dúvidas de que a vacinação é a melhor ferramenta para combater a Covid-19. “Em termos de primeira dose, temos neste momento 82% das pessoas adultas vacinadas em Cabo Verde, sendo que 18 dos 22 concelhos já atingiram ou ultrapassaram os 70% da população adulta estimada imunizada. Mas ainda temos os concelhos de Santa Catarina, Picos e Tarrafal que tem uma taxa de cobertura com a primeira dose inferior a 60%, juntamento com a ilha da Boa Vista”, detalhou o DNS.

Porém, no caso da Boa Vista, este responsável pela Saúde pública no país faz uma ressalva, realçando que é preciso fazer uma revisão em relação a população residente para se poder ajustar o indicador com os dados do Censo de 2020. “No total, já conseguimos vacinar 303.569 pessoas com a 1ª dose. Para alcançarmos 85% da população adulta estabelecida pelo Governo como meta para até final deste ano, temos de imunizar 314.808 pessoas. Significa que falta apenas 11.239 pessoas”, acrescenta Jorge Barreto, realçando que há vacinas, postos disponíveis e não tendo acontecido nenhuma catástrofe, não há motivo para as pessoas não procurarem a vacina.

Como argumento de peso para atrair mais pessoas para se vacinarem, Jorge Noel realça que há 24 dias o país não regista nenhum óbito por causa da Covid. Por outro lado, não há pessoas internadas nos hospitais ou centros de Saúde por causa da doença. “São evidencias de que a vacina é, de facto, a melhor ferramenta para evitar o descontrolo da situação epidemiológica. Sabemos que há países com altas taxas de vacinação e que neste momento estão a viver algum descontrolo epidemiológico, caso da Alemanha e Países Baixos, mas isso é devido a pessoas que não foram vacinadas e que estão novamente a entupir os hospitais e a aumentar o número de caso”, constata.

Tanto assim é, prossegue, que a Áustria já anunciou que vai decretar quarentena obrigatória para os não vacinados porque estão a facilitar a propagação do vírus e a complicar a vida dos profissionais de Saúde. Já na Rússia, Roménia e outros países do Leste, é a baixa taxa de vacinação que está a provocar descontrolo e a aumentar o número de mortes.

Em Cabo Verde, hoje foram diagnosticados apenas três casos positivos – Praia 1 e Porto Novo 2 –, dez recuperados e 58 doentes activos. Dos 38299 positivos acumulados, 37.867 foram considerados recuperados.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo