Atualidade

Tribunal de S. Vicente aceita lista do PAICV às legislativas de 18 de abril

A lista da candidatura do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) para as legislativas de 18 de abril foi aceite pelo Tribunal da Comarca de São Vicente. O mandatário Graciano Nascimento destacou as virtudes desta lista: jovem e com forte participação da sociedade civil.

Em declarações à imprensa após a entrega do dossier ao Tribunal de São Vicente, Graciano Nascimento garantiu ainda que a lista respeita a igualdade de género e os candidatos estão comprometidos em trabalhar todos os dias para resolver os problemas da ilha e do país.

 “Esta é uma lista com uma forte participação das mulheres e da sociedade civil. A média de idade dos integrantes é de 38 anos, sendo que o candidato mais jovem tem 25 anos e o menos jovem 58 anos. Temos uma mistura de idade e de género. É uma lista ganhadora”, explicou.

Nascimento afirmou que, nesta altura, o partido está a trabalhar com mais intensidade por estar num período eleitoral. Está a conversar com as pessoas, a passar as suas mensagens e o seu projeto de governação. “O PAICV trabalha todos os dias para o futuro de Cabo Verde. Estamos a conversar com as pessoas, a passar a nossa mensagem e a apresentar um projecto de governação alternativa capaz de resgatar o país”, detalhou.

Para o mandatário da candidatura tambarina em S. Vicente, este projecto propõe resolver grande parte dos problemas que a actual governação criou ao país. Sobre a campanha em si, este explicou que vão contactar as pessoas, sempre respeitando as normas de segurança sanitária em vigor.

“Vamos explicar as pessoas o projecto ´Cabo Verde para todos`. Esperamos que estejam atentas, que gostem do que vão ouvir e que avaliem as várias propostas por forma a fazer a melhor escolha. E a melhor escolha com certeza vai ser o PAICV”, conclui.

Lidiane Sales (Estagiária)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo