AtualidadeB1

Barco proveniente da Boa Vista em quarentena na Praia e dois pescadores detidos no Maio

Uma embarcação que chegou à ilha de Santiago proveniente da Boa Vista foi colocada de quarentena, na sequência das operações de controlo em curso e que envolvem uma equipa constituída pela Guarda Costeira, o IMP, a Polícia Marítima e Inspeção das Pescas. Em conferência de imprensa na cidade do Mindelo, o comandante Pedro Santana adiantou ainda que dois pescadores provenientes de Santiago foram detidos na ilha do Maio por estarem a transportar passageiros, prática proibida por lei. Santana enfatizou que os infractores podem ser presos e as embarcações apreendidas, ainda mais neste período de emergeencia sanitária provocada pelo Convid-19.

Neste momento, as atenções das autoridades marítimas estão centradas no controlo da movitação na ilha da Boa Vista, que está de quarentena devido aos três casos de contágio pelo novo coronavírus detectados em turistas hospedados em dois hotéis. Como salienta Pedro Santana, a ilha esta a ser alvo de uma operação marítima de interdição, pelo que ninguém sai, ninguém entra. Desde que foi decretada a quarentena que, segundo o militar, nenhum barco saiu da ilha das dunas.

“Estamos a fazer de tudo para não haver entrada nem saída de barcos da Boa Vista. Os que saíram (antes da quarentena) estão a ser controlados”, garante o Comandante da Guarda Costeira, acrescentando que só são permitidas operações na ilha das dunas com navios de abastecimento de combustível e bens de primeira necessidade. Segundo Santana, militares e outras autoridades estão a usar meios marítimos e pedestres na Boa Vista, Maio, Santiago e Sal para fiscalizar a aplicação das medidas de quarentena. O navio Guardião está a ser usado para controlar a saída e entrada de barcos na zona Sul da Boa Vista e que possam ter como destino outras ilhas.

Quanto à informação de que há pessoas em Santa Cruz – Santiago – regressadas da Boa Vista nos últimos dias, Pedro Santana adianta que cinco indivíduos foram identificados pelas autoridades e passaram a estar monitorizados. Estes viajaram de barco, mas antes da imposição da quarentena à ilha da Boa Vista. 

KzB

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar