Social
Tendência

Restauração do monumento Poss concluída: CMSV está a colocar iluminação e a ornamentar jardim na base

A equipa liderada pelo artista plástico Nildo Silvestre já concluiu o trabalho de restauração do monumento Poss, na Avenida Marginal, aguardando apenas a instalação de holofotes e o arranjo do canteiro para a devolução desse ex-libris à cidade do Mindelo. Neste momento, a escultura já está praticamente destapada, revelando praticamente toda a intervenção feita na águia – no topo – e no meio do monumento. Nestes pontos, refira-se, eram visíveis as fissuras que pareciam condenar o monumento construído em homenagem ao voo transatlântico dos aviadores portugueses Gago Coutinho e Sacadura Cabral em 1922.

Nildo Silvestre afirma que a parte sob a sua responsabilidade terminou há cerca de duas semanas e que o resultado agradou os envolvidos. “O monumento foi completamente restaurado e agora aguardamos a arborização à volta da base e os holofotes. Estas intervenções estão a cargo da Câmara de S. Vicente, mas estamos a acompanhar esse trabalho para podermos funcionar como uma equipa única”, explica Nildo Silvestre, assegurando que a data da devolução de “Poss” aos mindelenses vai depender do término da intervenção da autarquia.

Somente após o início dos trabalhos a equipa técnica conseguiu fazer um diagnóstico mais preciso do estado desse património. A intervenção consistiu no reforço da escultura da águia, colocada no topo, no “corpo” (meio) e na base. Segundo Nildo, a águia apresentava uma rachadura, que poderia ser mais perigosa se a escultura tivesse sido construída de uma única peça. Por sorte, diz, a obra é composta pelo corpo e as duas asas presas ao pássaro por estruturas metálicas e isso minimizou os impactos das fissuras.

Nildo Silvestre garante que a restauração vai aguentar por “muito” tempo. A equipa técnica criou uma malha de cabos inox à volta do corpo, que foi coberta de betão. Além disso, recorreu a outros materiais de “alta qualidade” indicados pelo engenheiro da obra e que, segundo Nildo, deram ótimos resultados.

Apesar desta garantia de segurança, Nildo acha que a passagem de viaturas pesadas na rotunda de Poss, na Avenida Marginal, pode continuar a afectar o monumento. Além disso, entende que a Câmara de S. Vicente deveria proibir as pessoas de subirem para o monumento, nomeadamente durante os desfiles de Carnaval.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo