Social
Tendência

Prisão preventiva a suspeito de homicídio de homem encontrado carbonizado no “Pé de Verde”

O Tribunal da Comarca de São Vicente mandou para prisão preventiva um homem suspeito de um crime de homicídio ocorrido há duas semanas na zona conhecida por “Pé de Verde”. O suspeito, que foi detido fora de flagrante delito ontem pela Polícia Judiciária, tem 52 anos, reside na zona de Espia e responde ainda por co-autoria de um outro crime.

De acordo com uma nota da PJ, o homem encontrado carbonizado na zona de Pé de Verde seria cúmplice do detido, numa tentativa de homicídio a uma mulher, após dispararem um tiro contra a mesma, numa oficina de alumínio na zona do Madeiralzinho.

A vítima mortal, a qual a PJ classifica de suspeito de co-autoria do crime de homicídio tentado, cujo corpo foi encontrado carbonizado na zona de Monte Verde, foi identificado pela família e documentos que o acompanhavam por Alfredo Aurélio Gonçalves Tavares.

Este, segundo relatos de testemunhas ao Mindelinsite na altura em que o corpo carbonizado foi descoberto pelas autoridades, tinha as mãos atadas com uma corda para a frente e estava dentro de um tanque vazio.

O corpo, apesar de ter sido levantado pelos Bombeiros Municipais de São Vicente no mesmo dia 22, sö foi enterrado a 30 de dezembro.

Esta operação contou com a colaboração da PJ e da Policia Nacional.

Sidneia Newton

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo