Escolha do EditorSocial
Tendência

Mãe apresenta queixa na PN contra adulto por suspeita de violação da filha de nove anos

A mãe de uma criança de 9 anos apresentou uma queixa na Esquadra de Monte Sossego contra um adulto de 64 anos por suspeita de ter forçado relações sexuais com a menor dentro de um curral na Ribeira d’Vinha. O caso, conforme apurou o Mindelinsite, foi registado pela Polícia Nacional e foi logo encaminhado para a alçada do Ministério Público, que vai agora abrir uma investigação com o provável suporte da Polícia Judiciária. Além disso, a ocorrência foi relatada ao ICCA – Instituto da Criança e do Adolescente – para acompanhamento da suposta vítima.

Em contacto com este jornal, a mãe conta que ficou a saber do sucedido quando entrou numa loja na zona de Ribeira d’Vinha e a dona disse-lhe para conversar com a sua filha porque ela foi fazer compra com uma moeda de dez escudos que lhe foi oferecida por um homem com fama de pedófilo. Isto porque já havia suspeita de ele ter cometido o mesmo crime com outra criança.

De regresso à casa, chamou a filha, que lhe deu pormenores do suposto contacto que teve com o adulto. Em resumo, a criança revelou que o homem forçou uma relação íntima com ela dentro de um curral. Inconformada, a mãe foi confrontar o alegado autor do acto. Este, segundo conta, negou a acusação e afirmou que deu o dinheiro à criança, mas sem más intenções. “Mas a sua expressão facial dizia outra coisa”, comenta.

A menina já foi submetida a exame ginecológico, que, conforme essa fonte, revelou que foi “mexida”, mas sem grandes lesões. Mesmo assim, a médica pediu análises complementares.

O caso terá ocorrido há mais de duas semanas, mas só foi descoberto na passada sexta-feira pela mãe. A filha afirma que foi uma única vez, mas a mãe acha que as coisas poderiam piorar se não fosse alertada. Ela trabalha numa fábrica de manhã à tardinha e as duas filhas menores ficam sozinhas em casa, pelo que, diz, poderia ocorrer novas investidas.

“Por coincidência ou não, a minha filha tirou nota negativa em todas as provas que fez exactamente nesse período. E ela não costuma ter negativas. Além disso ela tem estado com um olhar muito distante, como se está a pensar em algo”, salienta a mãe, lembrando que esta não é a primeira vez que surgem suspeitas do género contra esse adulto.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo