Social
Tendência

Grávida atropelada por táxi em S. Vicente faleceu esta madrugada no HBS

Jessie Delgado, a jovem atropelada por um táxi no dia 27 de Agosto numa faixa que liga a zona do Madeiralzim à cidade do Mindelo, faleceu esta madrugada no hospital Baptista de Sousa. A vítima chegou a sofrer traumatismos e entrou em estado de coma, vindo a sucumbir por volta das duas da madrugada deste domingo, um dia depois de completar 18 anos de vida.

Jessie Delgado, conforme apurou este jornal junto do namorado Helton Paris, faleceu uma semana depois da morte do seu filho, um menino cujo nascimento foi forçado pela equipa médica na expectativa de o salvar. “Ela saiu do coma, escutava aquilo que dizíamos, mas não conseguia falar”, revela Helton Paris, acentuando que a família estava esperançada na recuperação da jovem. Agora quer que a justiça seja na justa medida do acontecimento.

Este desfecho pode levar as autoridades a deter o condutor do táxi e ser apresentado ao tribunal para ficar sujeito a medidas de coação. Um jurista assegurou ao Mindelinsite que a morte da criança e agora da mãe mudam as coisas, apesar de frisar que se trata de um homicídio negligente. Este crime, prossegue o causídico, não implica pena de prisão, mas, a seu ver, a situação pode mudar de figura com o falecimento de duas vítimas.

Jessie foi atropelada por volta das 19.30 horas junto a uma passadeira situada nas traseiras da Escola Jorge Barbosa, na cidade do Mindelo. A moça, que estava grávida de seis meses, foi projectada pelo impacto a uma distância de aproximadamente 8 metros, pelos cálculos de um familiar, tendo perdido os sentidos. De acordo com a versão apresentada na altura pelo taxista e testemunhas à Polícia de Trânsito, a jovem tentou atravessar a rua com alguma rapidez e foi atingida pelo táxi, que estava a fazer o trajecto rotunda da Medicentro – Madeiralzim. No entanto, a PN realçou que estava a aguardar a recuperação da vítima para apurar a sua versão dos factos, o que já não será possível.

Entretanto, os familiares têm na sua posse dados que poderão contrariar o lado da história contada à Polícia de Trânsito pelo condutor. Segundo Helton Paris, vão fazer isso no momento certo. O funeral da jovem está marcada para amanhã pelas 16 horas a partir da sua residência no Madeiralzim.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo