Escolha do EditorSocial
Tendência

Criança de 13 anos saiu de casa para ir para escola e foi encontrada morta no Sal

A criança de 13 anos encontrada morta na tarde de ontem na zona de Monte Leão, nas proximidades de Murdeira, saiu de casa para ir para escola, mas nunca chegou ao destino. A Polícia Nacional não confirma mas, conforme informações avançadas pela inforpress, Eliana foi abusada sexualmente. 

Ouvido pelo Mindelinsite, o Comandante da PN no Sal, Orlando Évora, informa que a menina saiu de casa pouco depois das 8h da manhã para ir para a escola. “Ela nunca chegou à escola e também não regressou à casa. Foi depois encontrada morta por volta das 16 horas numa praia em Monte Leão”, frisa o policial, realçando que a criança residia nas proximidades da zona de Murdeira. 

Évora não confirma, entretanto, se a vítima foi abusada sexualmente, conforme informações divulgadas nas redes sociais e pela agência Inforpress. O Comandante evitou mesmo tecer quaisquer comentários neste sentido. “Não vamos falar nem em agressão e nem de abuso porque não temos estes conhecimentos. São informações que só podem ser confirmadas após a autopsia ou por um médico”, refere.

Questionado sobre como a PN encontrou a criança, Évora este explica que agentes estavam no terreno a fazer buscas, mas o corpo foi encontrado por uma pessoa que estava a pescar por aqueles lados. Este terá accionado a policia, que se deslocou de imediato a essa praia em Monte Leão. 

Neste momento, diz essa fonte da PN, as autoridades estão no terreno a recolher informações, mas que ainda são muito escassas. Confrontado com os casos de abuso sexual contra menores na ilha do Sal, e que são relatados sistematicamente nos comunicados da Polícia Judiciária, este revela que a ilha tem um histórico enorme deste tipo de ocorrência. 

“É algo que vem de longa data. Ultimamente penso que a situação tem sido trabalhado de melhor forma, ao ponto de muitas pessoas estarem detidas neste momento”, pontua, sem no entanto avançar as razões por detrás deste tipo de comportamento desviante, que tem provocado muita indignação nas pessoas.

Este sentimento de revolta voltou hoje a ser expresso nas redes sociais, com vários internautas exigindo punições mais severas para os pedófilos, que devem incluir a castração e até mesmo a morte dos abusadores.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo