Mundo

Ucrânia e Rússia devem voltar hoje à mesa de negociações

A Ucrânia informou que uma delegação de seu país está a caminho da fronteira com Belarus e Polônia, onde devem participar de uma 2ª rodada de negociações com a Rússia. Um dos principais assessores do governo russo também confirmou que as novas conversas deverão ser esta 5ª feira, refere a agência Associated Press.

Sete dias depois do início da guerra, várias cidades da Ucrânia foram bombardeadas e atacadas pelo exército russo. Kiev, Kharkiv, Kherson e Odessa são alguns dos alvos das tropas russas, que têm o país praticamente cercado. Mais de dois mil civis foram mortos, segundo o Serviço de Emergencia do Estado da Ucrânia.

Milhares continuam a tentar fugir – mais de 800 mil pessoas escaparam já ao conflito militar. Os países vizinhos como a Polónia, a Roménia e a Moldávia são a principal rota de segurança para a população em fuga.

Com a escalada da guerra, a Rússia sofreu sanções económicas, entre elas o bloqueio do acesso de sete bancos russos ao sistema SWIFT. Igualmente, várias marcas suspenderam já parcerias e investimentos com organismos russos. A Bielorrússia foi igualmente alvo de sanções por parte do Reino Unido e da União Europeia.

Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, aceitou negociar com uma delegação russa na fronteira com a Bielorrússia. Mas as negociações de paz, decorridas na segunda-feira, não foram suficientes para chegar a uma decisão positiva. Por isso, o agendamento para esta quinta-feira de uma segunda ronda de conversas.

C/Associated Press

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo