CulturaEscolha do Editor

Elsa Marley mostra a sua “mulher africana” no Mansa Floating Studio

Vinte quadros da pintora mindelense Elsa Marley estão expostos no Mansa Floating Studio, na Avenida Marginal em São Vicente, naquela que é a segunda mostra oficial a solo desta artista. Os temas retratados são África, com ênfase na mulher, e testemunham uma grande evolução desta pintora, que se orgulha de se assumir ser autodidata. 

Fui chamada de última hora para montar esta exposição na sexta-feira passada por causa de uma actividade que a embaixada dos EUA estava a fazer em São Vicente. Era para ser apenas um dia, mas correu muito bem então o manager do Mansa Floating Studio pediu-me para manter a mostra, sem fixar um tempo em que estará patente” informa Elsa Marley, realçando que esta mostra é composta por 20 telas. 

São telas grandes em madeira para venda, 90X60 centímetros. Foco no tema África, com enfoque na mulher, que é a minha paixão, em cores fortes, mas também branco e preto. Convido as pessoas a visitarem esta mostra, que está aberta ao publico diariamente a partir das 14 até às 24 horas, que é o horário de funcionamento do espaço”, acrescenta Elsa Marley, sobre esta que é a sua segunda exposição oficial.

Elsa Marley

Antes, a artista exibiu os seus dotes numa mostra intitulada “1 ano de aprendizagem”, no pátio da Alliance Française do Mindelo. Foi a primeira vez que Elsa Marley ganhou coragem para mostrar o seu trabalho ao público. Ganhou o gosto e voltou agora a expor o seu trabalho, que a cada dia conquista mais público. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo