Mundo

Termômetro volta a bater 40°C na França e ONU alerta para recordes de calor no mundo

A França vive uma onda de calor intenso, com os termômetros a registar 40° em algumas regiões do país. Esta nova onda de calor, a quarta consecutiva este ano, coincide com uma serie de incêndios florestais e falta de agua em algumas cidades, mas também com mais um alerta da Organização Meteorológica Mundial (OMM) sobre recordes de temperaturas no mundo. 

A Météo-France, agencia meteorológica francesa, alertou a população para os riscos desta onda de calor na saúde da população. As autoridades pedem para que as pessoas evitem sair de casa nos horas mais quentes do dia, o que, em algumas regiões, significa esconder do calor entre as 11h e as 21 horas. 

As altas temperaturas começaram a ser registadas no fim de julho e se concentram nas regiões próximas ao mar Mediterrâneo, ainda que os termômetros tenha chegado à casa dos 40°C na capital, Paris. 

Agora a Météo-France avisa que a situação será mais difícil no sudoeste e na costa do Atlantico, no oeste do país. Actualmente, 16 regiões franceses estão sob o chamado “alerta laranja”, o penúltimo nível antes do alerta vermelho, de vigilância máxima.  

Segundo Christine Lac, porta-voz da agência, esta onda de calor deve continuar pelo menos até sábado no sul e em grande parte do oeste do país, antes de avançar aos poucos para o noroeste e norte. O ciclo do calor deve ser interrompido no domingo, com chuvas previstas para toda a região. 

C/Rfi

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo