COVID-19Mundo
Tendência

Novo vírus encontrado em porco com potencial para outra pandemia

Um novo vírus encontrado em porcos na China está a tornar-se mais infeccioso e tem potencial para causar uma nova pandemia entre os seres humanos, alerta um novo estudo. Os investigadores afirmam no entanto que o risco não é iminente.

Uma equipa de investigadores chineses descobriu uma mutação no vírus da gripe H1N1 em porcos analisados entre 2011 e 2018 com “todas características de potencial candidato a vírus pandémico”, revela num estudo publicado na revista científica norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences.

Apesar de não constituir um perigo imediato, como é uma estirpe nova – apelidada G4 EA H1N1 – , os humanos têm pouca ou nenhuma imunidade. Este descendente genético do H1N1 – que causou a pandemia em 2009, inicialmente conhecida como gripe dos porcos, nome entretanto alterado – já foi detetado em suinicultores chineses, embora ainda não existam provas de que é transmissível entre humanos.

Mutações do virus 

Os porcos são importantes “veículos misturadores” para novas gerações de vírus da gripe por isso os cientistas sublinham a necessidade de uma “vigilância sistemática”, de implementação de medidas para controlar o vírus em suínos e a monitorização dos trabalhadores da indústria suína.

Os investigadores afirmam que uma nova estirpe do vírus da gripe está entre as principais ameaças de doenças, numa altura em que o mundo tenta lidar com uma pandemia de coronavírus. A última pandemia de gripe que o mundo enfrentou – o vírus A/H1N1pdm09 em 2009 – foi menos mortal do que se temia porque muitos idosos tinham imunidade, provavelmente por causa da semelhança com outros vírus que já tinham circulado antes.

O vírus está incluído na vacina anual contra a gripe. Mas a nova estirpe G4 EA H1N1 ainda não tem vacina, embora possa vir a ser desenvolvida.

Fonte:Sic Noticias.pt

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar