Economia
Tendência

Lista liderada por Rafael Vasconcelos vai impugnar polémica eleição na Câmara do Comércio de Barlavento

O empresário Rafael Vasconcelos garantiu à RCV que a sua lista vai impugnar a eleição para os cargos directivos da Câmara do Comércio de Barlavento, realizada na passada sexta-feira, em S. Vicente. Em declarações à rádio pública, esse gestor garantiu que, após análise da situação com os seus pares, a lista que encabeçou decidiu contestar legalmente esse acto que, na sua opinião, foi mais uma nomeação do que uma disputa democrática.

“Não nos permitiram concorrer, que isto tem que ficar claro. Não fomos derrotados, o presidente da AM e a CCB saíram mal na fotografia porque foi uma assembleia anti-democrática. A nossa equipa considera que não houve eleição, mas sim uma nomeação”, afirmou Rafael Vasconcelos, tendo assegurado que a sua equipa vai fazer uma exposição pública dos pontos e esquemas que impediram uma disputa limpa entre a sua lista e a liderada por Jorge Maurício, ex-PCA da Enapor. 

Vasconcelos tem até o dia 14 deste mês, conforme a RCV, para dar entrada à impugnação. Desta forma tentará tirar efeito à decisão da Mesa da Assembleia-Geral, que rejeitou a sua candidatura por alegadas irregularidades na composição da lista. Deste modo, a eleição acabou por ter uma lista única e determinou a escolha de Jorge Maurício para o cargo de presidente da Câmara do Comércio de Barlavento.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar