Economia
Tendência

Liberdadi sofre avaria na hélice: CVI limitada a quatro navios

A cobertura das ligações marítimas da CV Interilhas está neste momento limitada às embarcações Chiquinho, Interilhas, Sotavento e Praia d’Aguada devido a avaria dos catamarãs Liberdadi e Kriola. Conforme fonte da empresa, Liberdadi foi levado ontem para a doca-seca da Cabnave com um problema na hélice ocorrido no Porto da Palmeira, na ilha do Sal. Durante o procedimento de atracação, um cabo enroscou-se na hélice, que ficou danificada. Deste modo, o navio será sujeito a uma reparação que, conforme o departamento de marketing, deve demorar á volta de duas semanas.

Antes, o ferry-boat Kriola tinha sofrido danos graves também na hélice, que obrigaram a sua paragem na Cabnave de Outubro passado a março deste ano. Entretanto, este mesmo navio encontra-se de novo avariado, mas foi impossível a este jornal saber ao certo o que aconteceu.

“Apesar de estarmos com apenas quatro unidades no activo ninguém vai ficar em terra”, assegura fonte do departamento de comunicação e imagem da CVI, lembrando que, por deliberação do Governo, as ligações marítimas vão passar a ter lotação integral, quando antes estava afixada em 50% da capacidade dos barcos devido a pandemia da Covid-19.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar