Desporto
Tendência

Renovado campo Juventude da Bela Vista reaberto hoje à prática desportiva e com apresentação de escola de futebol infantil

O campo de futebol Juentude da Bela Vista será hoje reaberto à prática desportiva, após quinze anos abandonado e transformado em lixeira. O recinto foi recuperado por iniciativa de Edmar “Maru” Oliveira e Herman “Maky” Soares e agora apresenta uma outra cara: relvado novo, balneários renovados, iluminação artificial, pintura, esgoto, energia…

Todo este trabalho, segundo Edmar, aconteceu graças ao envolvimento de vários voluntários, que disponibilizaram o seu tempo para ajudarem na limpeza do espaço e nos trabalhos de pedreiro, electricidade, canalização, etc. No entanto, enfatiza, a Câmara de S. Vicente foi a principal parceira do projecto, em particular nas pessoas do edil Augusto Neve e do vereador José Carlos. “Sempre que batemos à porta, esta foi aberta. Quando a Câmara não tinha como ajudar, recebíamos indicações de como resolver os problemas”, explica Edmar.

A reabilitação do campo é apenas a primeira fase do projecto. Explica a nossa fonte que a próxima etapa consiste na construção de uma sala multiusos destinada ao convívio social e principalmente a ações formativas. Aliás, essa obra mostra-se essencial para uma escola de futebol criada pelo Grémio Desportivo e Recreativo Juventude da Bela Vista, destinada a 200 crianças, que será lançada hoje durante a reinauguração das obras.

Além do ensino da modalidade, a ideia é proporcionar aos alunos a oportunidade de aprenderem outras disciplinas, inclusivo línguas estrangeiras. Neste sentido, a direção da escola já recebeu o apoio da Alliance Française do Mindelo, na pessoa de Jaqueline Sena, que disponibilizou um professor de francês para as aulas, quando houver condições.

A reabertura do campo será feita hoje pelas 18 horas pelo autarca Augusto Neves. O programa inclui actividades culturais, como música e dança, a degustação de sumos e o lançamento oficial da escola de futebol infantil da Bela Vista.

Pub.

Mostrar mais

Kimze Brito

Jornalista com 30 anos de carreira profissional, fez a sua formação básica na Agência Cabopress (antecessora da Inforpress) e começou efectivamente a trabalhar em Jornalismo no quinzenário Notícias. Foi assessor de imprensa da ex-CTT e da Enapor, integrou a redação do semanário A Semana e concluiu o Curso Superior de Jornalismo na UniCV. Sócio fundador do Mindel Insite, desempenha o cargo de director deste jornal digital desde o seu lançamento. Membro da Associação dos Fotógrafos Cabo-verdianos, leciona cursos de iniciação à fotografia digital e foi professor na UniCV em Laboratório de Fotografia e Fotojornalismo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo