B5Desporto

Parque “radical” valorizado com grafites de quinze artistas mindelenses

Quinze pintores de diferentes estilos deram um toque artístico e super colorido ao Skate Park que a Câmara de S. Vicente construiu na praça José Lopes. Em poucos dias arregaram as mangas e preencheram as paredes desse espaço desportivo com desenhos que passaram a valorizar ainda mais esse investimento.

Segundo o artista Cacao, fazia algum tempo que alguns colegas andavam de “olho” nessa área, com vontade de fazer algumas grafites. Por sorte, a Câmara de S. Vicente resolveu de um momento para outro desafiar o amigo Balta Andrade a mobilizar o “seu” exército de pintores para colorirem o parque em apenas quatro dias. Isto porque é ou era intenção da autarquia inaugurar o parque no dia 1 de Junho. Uma dúvida que fica no ar porque foi impossível a este jornal confirmar a informação junto da CMSV.

Num ápice, Balta conseguiu reunir 15 jovens talentosos, na sua maioria artistas que têm vindo a trabalhar com ele no âmbito do projecto “Um parede de cada vez” e que já permitiu pintar murais em Monte Sossego, no Clube Ténis do Mindelo e no jardim infantil Amílcar Cabral. “Como se trata de um local desportivo destinado a crianças e jovens, adaptamos os desenhos aos desportos radicais de roda e usamos algumas mensagens positivas”, diz Balta, que se confessa impressionado com o ritmo do trabalho, tendo em conta o prazo tão apertado. “Felizmente que voltamos a contar com a parceria da Sita, que nos ofereceu 70 contos de tintas”, revela Balta, que já tem identificado o próximo desafio: embelezar as paredes do jardim infantil de Monte Sossego no mês de Junho.

Para Cacao, este trabalho é mais uma oportunidade para os artistas mindelenses mostrarem as suas capacidades ao público. “Temos vindo a aprender desde que fizemos o primeiro trabalho nas garagens em Monte Sossego. E hoje somos uma equipa heterogénea bastante forte e a cada projecto aparecem novos talentos”, comenta o pintor, satisfeito com o impacto visual e turístico que essas iniciativas têm tido na cidade do Mindelo. 

Autor do desenho “Radical”, situado no centro do parque, Sniper sente que a vasta obra feita em cada recanto vai valorizar tanto o espaço como a assinatura dos criativos. Ele é um daqueles artistas que há muito queria pintar essa área e hoje sente-se satisfeito pelo facto de ter tido essa oportunidade. “Sempre que passava por esta zona com o meu amigo Kelvin fortalecia esse desejo de surgir um projecto artístico, mas com a autorização da Câmara”, confessa esse conceituado grafiteiro mindelense, que concebeu o desenho da palavra Radical para se coadunar com o tipo de desporto destinado para o parque. 

Dispor de um recinto equipado com rampas é um sonho realizado para Pedro Lopes, uma criança de nove anos, amante da bicicleta. Usuário desse espaço, diz que a praça de hoje não tem nada a ver com aquilo que era antes. “Podemos agora aprimorar as nossas manobras e nos divertir”, diz.

Fábio Alexandre, 10 anos, é outro miúdo feliz e ansioso para chegar a inauguração. Ele que pratica “bike” e “parkour” frisa que o importante agora é preservar o espaço, fundamentalmente as pinturas. O mesmo raciocínio tem o colega Dalvin, 15 anos, que adora andar de trotinete. 

KzB

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar