Desporto

Festa e muitos prémios no jantar de encerramento do 2º “Campus Aminga” 

Foi uma noite de celebração e reconhecimento o jantar de encerramento do campus Aminga: Youth Sports Development Programe, que arrancou no dia 11 de julho e superou de longe a primeira edição tanto em disciplinas e modalidades como em número de participantes: arte, informática e inglês, andebol, basquetebol e voleibol. Os 143 alunos festejaram efusivamente as conquistas individuais e colectivas e os professores agradeceram a oportunidade de integrar este projecto, mostrando-se disponíveis para trabalhar com os promotores sempre que chamados. 

A festa teve apresentação dos promotores – a família Zina, Betinho, Sofia e Bety Gomes – responsáveis por trazer este campus para S. Vicente com o intuito de possibilitar a prática do desporto e o ensino de disciplinas. Não esqueceram os agradecimentos aos muitos parceiros, que ajudaram a tornar este sonho possível. O orgulho era a palavra presente, tanto por parte dos promotores, padrinhos, parceiros e patrocinadores, principalmente da Escola Salesiana que, através do administrador Francisco Almendra, parabenizou a Aminga.

Queremos aqui, publicamente, dar os parabéns a Amiga pela concretização deste enorme presente no qual a ESAO se identifica a 100%. Obrigado por nos terem escolhido para vos acolher. Estamos extremamente satisfeitos e orgulhosos desta parceria”, declarou Almendra, que foi homenageado pela direcção da Aminga com uma bola de ouro e uma camisa do Benfica, autografada por Betinho.  

Prémios Andebol

Em termos de premiação, foram atribuídos troféus colectivos – excelência educativa e liderança – aos melhores alunos do primeiro e segundo ano dos cursos de inglês, informática, voleibol e basquetebol, e aos do primeiro ano de artes e andebol, estas as novidades no campus Aminga. Ainda, foram distribuídos vouchers por “melhor comportamento” aos 41 estudantes da modalidade de voleibol. A nível individual, foram fornecidos certificados, bolas e taças aos melhores jogadores de todas as modalidades desportivas – basquetebol, voleibol e andebol -, aos atletas que jogam para a equipa, aos que mais evoluíram, os exemplos de liderança e os MVP feminino e masculino. 

Em jeito de retribuição, os jovens atletas foram convidados para integrar os treinos das equipas de voleibol em São Vicente e receberam da presidente da Aminga, Zina Gomes, os primeiros incentivos. Igualmente, ficou o compromisso de o professor Jean Pierre continuar a treinar a equipa Aminga, sendo que, para o efeito, foi agraciado com todas as bolas que utilizaram nos trabalhos durante o campus. Este recebeu ainda a promessa de oferta de equipamentos e outros materiais em falta. Já os estudantes presentearam a madrinha para o Andebol, Ana Carvalho, com batiques representativos da cultura cabo-verdiana: festa de San Jon e Mulher Cabo-verdiana. 

Ensinamentos para a vida

Em declaração ao Mindelinsite, Carina Soares, que participa pela primeira vez no Campus Aminga, mostrou-se maravilhada pela experiência. “Gostei muito. Sou estudante de voleibol e aprendi muitas coisas sobre esta modalidade. Também fiz aulas de inglês, arte e informática, o que permitiu conhecer melhor as áreas de que mais gosto. São ensinamentos que vou levar para a vida fora da Aminga”, declarou esta jovem de 17 anos, destacando como exemplo de aprendizagem nesta semana a importância do trabalho de equipa e pensar mais para o colectivo do que o individual. 

Repetente, Olívia Delgado, 18 anos, aponta como ganhos deste campus Aminga o aumento exponencial do número de participantes, de 50 para cerca de 150, e também a diversificação das disciplinas e modalidades desportivas. “Gostei muito das disciplinas novas de arte e andebol. Estou muito satisfeita porque, a meu ver, aprendi aqui valores que vou levar para toda a vida, como a honestidade, o respeito pelos próximos e a dedicação. Para seremos alguém temos de ter estes valores.”  

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo