CulturaEscolha do Editor
Tendência

Actriz Lynn Whitfield encantada por conhecer a terra natal de Cesária Évora, cenário da série televisiva “Mindelo City”

A actriz norte-americana Lynn Whitfield manifestou-se encantada e grata pela oportunidade concedida pelo empresário Samba Bathily para conhecer a terra natal da cantora Cesária Évora, cuja música escutou pela primeira vez no restaurante Bamboo, em Nova Iorque, há cerca de quinze anos. A produtora conta que estava no bar com um amigo quando ouviu uma das músicas da Cise e ficou logo apaixonada por essa voz.

“Perguntei ao meu amigo quem era a cantora. E ele disse-me que se chamava Cesária Évora. Aí eu disse-lhe para passar outras músicas. Podia passar toda a noite escutando essa voz enquanto apreciava uma taça de champagne”, contou Whitfield ao público presente anteontem à noite na apresentação da equipa de produção da série televisiva “Mindelo City”, acto que teve a artista como madrinha.

Segundo a actriz, inicialmente pensou que Cabo Verde era um país das Caraíbas, mas ficou ainda mais fascinada quando soube pelo amigo que se tratava de um arquipélago africano. A actriz revela que há três anos esse fascínio pelo talento de Cesária Évora voltou ao seu espírito e decidiu que um dia teria que conhecer a terra onde a chamada diva dos pés descalços nasceu.

Esse sonho tornou-se realidade nos últimos dias quando estava com um amigo e este recebeu uma chamada telefónica de Samba Bathily. “Este amigo, que está aqui presente, virou-se para mim e disse-me que estava a falar com um empresário com investimentos na terra da Cesária Évora. Fiquei tão empolgada que lhe disse de imediato que queria vir conhecer Mindelo. E cá estou eu!”, exclamou Whitfield no estúdio flutuante Mansa Floating, tendo ao seu lado Samba Bathily.

Whitfield enfatizou que ela e Bathitly têm em comum o facto de quererem trabalhar em prol de uma visão positiva sobre os africanos e seus descendentes. A actriz salienta que dedicou a maior parte da sua carreira visando expandir a natureza dos afrodescendentes nos Estados Unidos. Por seu lado, diz, Samba Bathily quer provocar uma mudança de percepção sobre a África, que é vista na maior parte das vezes como um continente marcado pela pobreza, guerra, fome e corrupção. E uma das suas estratégias passa pela realização da telenovela Mindelo City, que junta actores africanos e de outras origens e se destina a todo o tipo de público.

Para Whitfield, o filme vai ter sucesso e gerar lucro porque tem um propósito nobre, que é levar as pessoas a se apaixonarem por Mindelo – espalhar a magia da cidade pelo mundo. E, para ela, o fascínio gerado pelas novelas é saber o que vai acontecer no episódio seguinte – se um determinado personagem vai casar, morrer, ficar rico, etc.

Nascida em Louisiana em fevereiro de 1953, Whitfield começou a sua carreira na televisão e no teatro antes de entrar no cinema. Ganhou um Emmy Award de melhor actriz e uma indicação ao Globo de Ouro por sua performance como Josephine Baker no filme da HBO The Josephine Baker Story, em 1991. Na década de 1990 desempenhou papeis principais em vários filmes feitos para a televisão.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo