AtualidadeCOVID-19
Tendência

Covid-19: Sete casos suspeitos encontrados em Chã d’Alecrim aguardam confirmação PCR

As autoridades sanitárias estão a aguardar o resultado de exames laboratoriais para saber se sete pessoas que ontem fizeram testes rápidos em Chã de Alecrim estão infectadas com o vírus da Covid-19. Segundo a enfermeira Marlinda Rocha, a Delegacia de Saúde teve que desenvolver ontem uma campanha na localidade na sequência de um caso positivo, despistou mais de 350 pessoas e encontrou sete situações inconclusivas. As amostras foram enviadas para o laboratório de virologia e aguardam agora pelos resultados. Entretanto, esses suspeitos foram levados para o centro de estágio por razões de segurança.

Segundo Marlinda Rocha, surgiu um caso positivo nessa zona, mas ainda não sabem se é de transmissão local. À semelhança do procedimento feito em Alto Solarino, a Delegacia de Saúde montou duas tendas em Chã de Alecrim e colocou mais de 40 pessoas no terreno a fazer testes rápidos e a sensibilizar a população sobre as medidas de segurança pessoal e colectiva.

Até ontem à tarde, S. Vicente tinha 9 casos de Covid-19, seis internados no centro de estágio e 3 em casa. No entanto, estava prevista a alta das pessoas que ficaram confinadas nas suas casas, pelo que o número oficial de infectados deve baixar para seis.

Entretanto, surgiram mais dois casos suspeitos, de um casal que veio de Portugal há alguns dias e soube depois que um dos familiares estava contaminado. Essas pessoas, que estão com sintomas como febre e tosse, informaram a Delegacia de Saúde, que providenciou o internamento delas no centro de estágio da FCF.

Neste espaço estavam 17 pessoas de quarentena até ontem. Esse número pode aumentar dependendo do resultado dos testes PCR das sete amostras inconclusivas de Chã de Alecrim.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo