Atualidade

ACP continua amanhã: Oliveira tenta provar que acusações são “equívocos”

Continua a partir das 9 horas de amanhã, terça-feira, a Audiência Contraditória Preliminar (ACP) em que é requerente o arguido e deputado Amadeu Oliveira, que tenta provar que as acusações que lhe são imputadas são equívocos. O primeiro dia de audição no Tribunal da Relação de Barlavento terminou por volta das 15 horas de hoje, tendo o arguido sido recolhido à Cadeia Civil de São Vicente, sob escolta da Polícia Nacional.

Numa curta declaração à imprensa, a advogada Zuleica Cruz alegou não haver nada por enquanto de concreto sobre o processo, limitando-se a afirmar que a audição do arguido Amadeu Oliveira prossegue amanhã no Tribunal da Relação de Barlavento. “O estado de espírito do arguido, para quem o conhece, sabe que ele é um guerreiro, um revolucionário. Amadeu está tranquilo e o que espera é mostrar que não passa de um equívoco todas as acusações que lhe estão a ser imputadas, tanto no despacho de acusação como nos restantes que tramitem no tribunal”, afirmou.

Questionada sobre a duração da audiência das 9 às 15 horas, esta advogada explicou que este é um processo com mais de mil páginas. “São cerca de duas mil páginas. Estamos perante uma acusação com mais de uma centena de factos. É muita coisa que temos de discutir nesta fase. Por isso, faz sentido esta demora e que seja adiada para amanhã. Aliás, não sabemos se terá uma decisão já esta terça-feira. Tudo vai depender da dinâmica desta audiência”, pontua.

Zuleica Cruz explicou ainda que o seu constituinte, Amadeu Oliveira, está a ser ouvido nesta ACP, que é uma fase do processo que antecede o julgamento, pelo juiz desembargador Simão Santos. No caso, esta audiência foi requerida por Amadeu Oliveira, que está a tentar provar que não há matéria para levar este caso a julgamento.

O advogado Amadeu Oliveira, recorda-se, foi detido a 18 de julho no Aeroporto Internacional Cesária Évora em São Vicente pela Polícia Nacional, em cumprimento de um mandado emitido pela Procuradoria da Comarca de Barlavento.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo