Social
Tendência

Processo do acidente que vitimou funcionária da CMSV ainda em segredo de justiça

O processo-crime do acidente envolvendo um camião da CMSV – e que vitimou mortalmente a funcionária Cátia Cristina na rotunda do Madeiralzim no passado mês de janeiro – está ainda em segredo de justiça, ou seja, ainda não foi arquivado pelo Tribunal de S. Vicente. Esta manhã, o taxista Mian Tavares ficou a saber dessa informação, tendo de imediato contactado o Mindelinsite a pedir desculpas pela entrevista que concedeu a este jornal e que dava conta do arquivamento do caso.

“Fui induzido a erro por uma fonte credível e acabei por contactar o jornal de seguida, movido pela minha indignação. Por isso peço desculpas ao jornal, ao Tribunal e a todos aqueles que tiveram conhecimento dessa notícia”, frisa Tavares.

Pelas informações que obteve junto do Tribunal, o processo ainda está em segredo de justiça.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo