Social
Tendência

Piroga com 66 indivíduos a bordo dá à costa na ilha do Sal

Uma piroga com 66 indivíduos a bordo, proveniente do Senegal, deu a costa na ilha do Sal por volta das 22h30 de ontem, de acordo com informações avançadas pelas autoridades marítimas e citadas pela agência de notícias Inforpress. Todos os indivíduos são do sexo masculino. 

Ao que tudo indica, esta viagem foi mais uma tentativa frustrada de cidadãos da costa ocidental africana de chegar à Europa. No caso, o grupo, que partiu de Mbour no Senegal, tinha como destino Espanha. Devido a uma avaria no motor da embarcação em que seguiam, ficaram à deriva e vieram parar no Sal. 

Seis dos indivíduos terão conseguido chegar a terra, à localidade de Pedra de Lume, e pediram ajuda à população, que por sua vez accionou a polícia. A operação de resgate foi accionada imediatamente após o alerta. 

Os migrantes, dos quais três menores, foram transportados para o Hospital Regional Ramiro Figueira, para avaliação, procedimento que decorreu durante toda a madrugada desta segunda-feira. Tendo em conta o contexto da pandemia, todos foram submetidos a testes rápidos à Covid-19.

Os tripulantes da piroga foram conduzidos foram transportados para uma tenda de campanha, instalada no polidesportivo dos Espargos. Os mesmos estão a ser observados e avaliados por médicos e enfermeiros, perante acompanhamento, também, da polícia de fronteira.

As autoridades estão a procurar alternativas às tendas, no caso espaços com melhores condições para o realojamento. O comandante regional da Policia Nacional, Orlando Évora, afirma que a maioria dos imigrantes encontra-se bem, mas sete estão hospitalizados, um deles tem prognóstico reservado.

C/Expresso das Ilhas

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo