Social

Idoso suspeito de agressão sexual obrigado a afastar-se de menor

O Tribunal da Comarca São Vicente determinou que um individuo de 63 anos detido pela Brigada de Crimes Contra Pessoas da Polícia Judiciaria, acusado da prática de um crime de agressão sexual a uma criança de 10 anos, seja afastado da vítima. Deve ainda apresentar-se periodicamente às autoridades. Mesma medida de coação aplicou a uma mulher de 29 anos, acusada de maus-tratos contra a filha e divulgação de vídeos atestando o crime.

As duas detenções ocorreram no dia 3 e hoje, segunda-feira, 7 de junho, fora de flagrante. No primeiro caso, a mãe, de 29 anos é suspeita de maus tratos perpetrados contra a filha menor. Após a prática dos crimes, diz a PJ em nota, a detida publicava os vídeos, que atestam o ocorrido. No segundo caso, o indivíduo de 63 anos residente na zona de Cova em Monte Sossego, é suspeito da prática de crimes de agressão sexual contra uma menor de 10 anos.

Presentes à justiça em tempo útil, foi-lhes aplicado apresentação periódica e, no caso do homem, ainda com obrigatoriedade de afastamento da vítima. A criança vítima de maus tratos foi entregue aos cuidados do ICCA.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo