Social
Tendência

Faleceu “Yaia”, figura carismática de Chã de Alecrim e fundador do Falcões do Norte

Faleceu ontem Manuel Lopes da Silva, mais conhecido por Yaia, um dos sócios-fundadores do Falcões do Norte, vítima de doença prolongada, anunciou a direcção do clube numa publicação na sua página no Facebook e partilhada porf amiliares e amigos. Todos se mostram consternados com o passamento desta figura estimada e sobretudo “muito solidária” da zona de Chã de Alecrim, em São Vicente.

Numa breve conversa com Mindelinsite, o presidente dos Falcões do Norte revela que “Yaia” faleceu ontem e será dado à terra às 16 horas desta terça-feira. “Yaia já tinha 86 anos e era muito conhecido em Chã de Alecrim também pela forma como tratava as pessoas. Ninguém saía da sua loja de mãos vazias porque dava sempre facilidade de pagamento. Também era uma simpatia em pessoa”, descreve João Dias, para quem o malogrado era sem sombra de dúvidas uma referência de Chã de Alecrim.

Adepto do Clube Desportivo Falcões do Norte desde sempre, conseguiu contaminar boa parte da família com esta paixão. Dois filhos vestiram a camisola do clube, outros dois são dirigentes do Falcões e quase todos os familiares são sócios. “Há uma continuação do seu legado no clube de Chã de Alecrim. Quanto à sua loja, ainda está de portas abertas, sendo que hoje é gerida por um dos filhos. Mas Yaia se destaca sobretudo por ter sido uma pessoa muito solidária.”

Na sua nota publicada na página oficial no Facebook, a direcção do Falcões do Norte revela que foi com enorme tristeza e consternação que tomou conhecimento do passamento dessa pessoa muito querida e estimada em Chã de Alecrim.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo