Escolha do EditorSocial
Tendência

Associação dos Empresários Chineses celebra entrada no Ano do Coelho: “Sorte, felicidade e fortuna”

Os chineses entraram hoje no primeiro dia do Ano do Coelho e os representantes das 35 empresas inscritas na Associação dos Empresários Chineses em Cabo Verde celebraram a efeméride ontem à noite com um jantar-convívio na cidade do Mindelo. Segundo Paulo Pan, presidente da agremiação, os chineses passam a estar sob a influência de um novo ano simbolizado pelo coelho, animal que traz sorte, felicidade e fortuna para as famílias.

“Estamos a celebrar a passagem de ano reunindo sócios das empresas inscritas na associação na ilha de S. Vicente e que passaram de 14, em 2020, para 35 em 2022”, revela esse empresário, que quer atrair mais lojas chinesas na cidade do Mindelo para a organização. Pelos dados que dispõe, são 70 neste momento.

“Os benefícios são muitos, pois damos assistência técnica em termos legais, ajudamos no processo de facturação electrónica, nos contactos com a alfândega, tradução, enfim, expedientes muito importantes”, comenta Paulo Pan, que estima em quase 300 empregos criados pelas empresas chinesas de diversos ramos na ilha de S. Vicente.

Paulo Pan confirma que as lojas que tradicionalmente trazem materiais e fantasias do Carnaval não puderam renovar os stocks porque estavam em dúvida sobre a realização do desfile oficial. Avança, entretanto, que algumas lojas conseguiram fazer encomendas, que devem chegar muito em breve à ilha de S. Vicente, ainda a tempo de disponibilizar produtos para os grupos e foliões.

O calendário Chinês combina o ciclo solar com os lunares, sendo, portanto, lunissolar. A cada 12 anos completa-se um ciclo, dentro do qual cada ano recebe o nome de um dos 12 animais correspondentes ao horóscopo chinês: rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cão e porco.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo