Opinião

Responsabilidade

Hoje vamos falar de responsabilidade. Responsabilidade é aquilo que faz com que os pais cuidem dos seus filhos pequenos, é aquilo que faz com que prestemos atenção àqueles que nos estão próximos: os nossos idosos, os nossos companheiros e, em particular, os mais vulneráveis. É observar se estão bem, se precisam da nossa ajuda.

Responsabilidade é também cuidar dos nossos animais, os cães e gatos que nos acompanham no quotidiano, agindo naquilo que eles não podem agir por si mesmos. 

Cães e Gatos não sabem o que são métodos contraceptivos. Por isso, este assunto é da nossa responsabilidade, dos humanos. Temos que acabar com a reprodução descontrolada que, apesar de todos os nossos esforços de consciencialização ao longo destes 12 anos de trabalho, continua existindo na cidade do Mindelo. 

É triste, para quem trabalha tanto para reduzir a população de animais de rua na cidade, ver que, apesar de tudo, muitas pessoas continuam a deixar sem castrar os seus cães e cadelas, com a justificação que depois os vão oferecer a pessoas que querem um cachorrinho. 

Ora, mesmo havendo pessoas que os queiram, aquele que tem uma cadela com 7, 8 ou até 10 cãezinhos não tem como se responsabilizar por aquilo que farão as pessoas que os vão adoptar esses filhotes. Porque muitas dessas pessoas não terão o cuidado e a preocupação de os levar para castrar. Muitos desses animais vão ficar na rua. Assim, a reprodução descontrolada vai continuar.

Por isso, mais uma vez, temos de bater nessa mesma tecla: os animais de rua do Mindelo não têm culpa da sua existência. Eles não podem ser responsabilizados por nada, são apenas seres a viver em estado de natureza, seguem o que ditam as suas hormonas e os ciclos reprodutivos.

Por isso deixo aqui mais uma vez este apelo: leve o seu cão ou cadela, gato ou gata à Simabô ou, se preferir, ao veterinário da sua escolha, mas castre! A esterilização dos animais pode ser feita a partir dos cinco meses (fêmeas) e seis meses (machos). 

É o melhor para eles, porque evita que vivam ao sabor dos ciclos de cio, prenhez e novos bebês, crescimento e cios e mais prenhezes e novos bebês, e assim por diante, anos após anos. É o melhor para eles, pois castrados ficam mais saudáveis, mais tranquilos, mais amigos. E é bom para a sua cidade, para sua família, para seus filhos. Com animais esterilizados não haverá brigas, barulhos, gritos e, sobretudo, não haverá novas ninhadas e, portanto, não teremos tantos animais pela rua. 

Vamos começar a agir com responsabilidade. A Simabô está disponível para ajudar. 

Silvia Punzo

Presidente da Simabô

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo