Mundo

Milhares de pessoas no adeus a Jorge Sampaio, antigo PR de Portugal

Portugal e o mundo prestam hoje a derradeira despedida a Jorge Sampaio, o ex-Presidente da República e o “homem bom” que morreu na sexta-feira de manhã no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, na sequência de problemas respiratórios. Depois do velório e das homenagens prestadas ontem, hoje é o dia do funeral do “construtor de pontes” que será antecedido de uma sessão evocativa no Mosteiro dos Jerónimos, com cerca de 300 pessoas. 

O carro fúnebre transportando o corpo do antigo PR partiu para o Mosteiro dos Jerónimos as 10h00, com o cortejo a parar brevemente em frente ao Palácio de Belém, residência oficial dos chefes de Estado, cargo que Sampaio ocupou entre 1996 e 2006. Figuras do Estado, família, amigos próximos, deputados e delegações estrangeiras, bem como o Coro do Teatro Nacional de São Carlos e a Orquestra Sinfónica Portuguesa ocuparam os lugares disponíveis, havendo, do lado de fora do mosteiro, um ecrã gigante para que a população possa acompanhar a homenagem.

Além dos discursos das três primeiras figuras do Estado, Presidente da República, presidente da Assembleia da República e primeiro-ministro, houve breves intervenções dos dois filhos do ex-chefe de Estado, Vera e André Sampaio, e a atriz Maria do Céu Guerra leu um poema de Jorge de Sena – ‘Uma pequenina luz’.

Entre as personalidades que marcam presença na última homenagem a Jorge Sampaio, que deverá terminar por volta das 13h00, estão o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, o Rei de Espanha, Filipe VI, que será acompanhado por um membro do Governo espanhol, o Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, o presidente do parlamento de Timor-Leste, Aniceto Guterres Lopes, e representantes de todos os Estados-membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

No final, o cortejo fúnebre seguirá para o Cemitério do Alto de São João com escolta de honra pela Avenida da Índia, Avenida 24 de Julho, Avenida da Ribeira das Naus, Praça do Comércio – momento em que cinco caças F-16 sobrevoam o local – Avenida Infante D. Henrique, Avenida Mouzinho de Albuquerque, Praça Paiva Couceiro e Rua Morais Soares.

A chegada do cortejo fúnebre ao Cemitério do Alto de São João está prevista para as 13h30. Nesta altura a população poderá prestar um último tributo ao antigo chefe de Estado português.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo